Futebol Aguerrido, Abel Hernández pode ter espaço para lutar por seu espaço no setor ofensivo do Fluminense

Aguerrido, Abel Hernández pode ter espaço para lutar por seu espaço no setor ofensivo do Fluminense

Uruguaio, que tem versatilidade para atacar pelos lados e também como referência, é cotado para ser titular no confronto dos tricolores com o Madureira, no domingo

Lance
Lance

Lance

Lance

Com a sua vaga garantida nas semifinais do Campeonato Carioca, o Fluminense deve dedicar a partida contra o Madureira, neste domingo, às 11h05, a estender a rodagem do elenco e promover variações táticas. O uruguaio Abel Hernández pode entrar em cena pela primeira vez como titular. Sua missão é ratificar a versatilidade do ímpeto do setor ofensivo da equipe de Roger Machado, também projetando a sequência que encarará na Copa Libertadores.

Lançado no lugar de Fred, o atacante atuou por 16 minutos do empate em 1 a 1 com o River Plate, na última quinta-feira, na estreia do Tricolor das Laranjeiras na Copa Libertadores. No pouco tempo que esteve em campo, Abel Hernández apresentou-se para jogadas e, com movimentação, deu trabalho para a defesa da equipe argentina.

O técnico Roger Machado reconhece que está calculando qual o caminho para se sobressair em campo e, ao mesmo tempo, pensar a longo prazo.

- As variações que fizemos durante o Estadual tiveram como intuito a estratégia de cada jogo, mas também visualizando a possibilidade outras situações. Tudo é possível, jogo fora, jogo pesado. A oportunidade de poder entrar com um meio mais forte, mas eu penso jogo a jogo. Eu só penso no jogo do Estadual de domingo, que é o jogo mais urgente para pensar a estratégia - disse.

Hernández demonstra qualidades que podem essenciais para as pretensões tricolores. Afinal, ele mostra força para atuar tanto como um atacante de lado quanto um jogador que surja como um homem de área. Este leque de opções abre caminho para que o uruguaio atue ao lado de Fred, especialmente em momentos mais decisivos.

Prestes ao Tricolor das Laranjeiras encarar o Independiente Santa Fe, o técnico Roger Machado pode fazer do "ensaio geral" um momento de se reinventar como elenco. E cabe a Abel Hernández se consolidar em um vestibular que se tornou o confronto com o Madureira.

Últimas