Futebol Agora no Flamengo, zagueiro detona presidente do Santos: 'Oportunismo'

Agora no Flamengo, zagueiro detona presidente do Santos: 'Oportunismo'

José Carlos Peres disse que Gustavo Henrique não tinha caráter por prometer prioridade de renovação. Ele se defendeu e ganhou apoio de Bruno Henrique

Lance
Gustavo Henrique deixou o Santos para jogar no Flamengo

Gustavo Henrique deixou o Santos para jogar no Flamengo

Lance

O zagueiro do Flamengo, Gustavo Henrique, recém-contratado do Santos, rebateu as críticas de José Carlos Peres, presidente do Peixe, feitas em uma entrevista no canal do jornalista Jorge Nicola. O mandatário disse que o defensor era “sem caráter”, o que fez o atleta de 27 anos ir às redes sociais se defender. Ele ainda ganhou o apoio de Bruno Henrique, outro jogador que também havia saído do alvinegro e se transferido para o Rubro-Negro carioca.

Após ser acusado de prometer prioridade ao Santos em uma possível renovação de contrato, o zagueiro se disse assustado com o que viu nos noticiários e explicou a situação.

"Dei prioridade ao Santos desde o meio do ano passado, quando poderia ter assinado um pré-contrato com outro clube e não o fiz. Estive a todo momento à disposição para conversar e negociar, mas os ciclos se encerram. Uma entrevista como essa soa como oportunismo, até porque o período eleitoral do Santos está se aproximando."

Na noite da última sexta-feira, Peres comentou sobre a situação de Yuri Alberto, jovem de 19 anos com que a equipe santista busca estender o vínculo contratual e o assunto sobre o defensor veio a tona.

"Que (Yuri Alberto) não seja mais um a sair pela porta dos fundos, como um que foi para o Palmeiras antes da minha gestão (Lucas Lima) e outro, sem caráter, que foi para o Flamengo e passou o empresário para trás. Gustavo Henrique prometeu para mim que o Santos teria prioridade, mas sumiu e foi embora para o Flamengo. Quem sai do Santos pela porta dos fundos tem dificuldade em vingar em outros clubes."

O zagueiro do Flamengo ganhou o apoio do companheiro Bruno Henrique, que diz também ter sofrido injustiças do presidente do Santos.

"Ele fez a mesma coisa comigo, falou notícias falsas que eu não falei e não fiz para me colocar como o errado da história, colocando a torcida do Santos contra mim. Para depois ele sair como o certo da história e eu como o errado."

View this post on Instagram

Fiquei espantado com uma notícia veiculada hoje na imprensa. O presidente do Santos, clube pelo qual tenho um carinho grande, fui criado, sempre respeitei e fui muito feliz, deu declarações denegrindo minha imagem.( me chamando de “mau caráter “ ) Meu contrato com o Santos foi cumprido rigorosamente. Todas as minhas obrigações e deveres foram feitos. Me espanta o presidente voltar à tona agora um assunto que já foi encerrado há quatro meses e de maneira diferente do que ele disse. Dei prioridade ao Santos desde o meio do ano passado, quando poderia ter assinado um pré-contrato com outro clube, e não o fiz, estive a todo momento à disposição para conversar e negociar, fui capitão do time com muito honra e orgulho, mas os ciclos se encerram. E isso não é sinônimo de desrespeito ao clube. É só perceber que dirigentes de outros times, técnicos que passaram pelo clube e todo mundo que tem relação com este senhor, sempre reclamam de sua postura. Estou muito feliz no Flamengo e acredito que neste momento, uma entrevista como essa soa como oportunismo, até porque o período eleitoral do Santos Futebol Clube está se aproximando. Quem me conhece sabe do meu caráter e não é uma pessoa como ele que vai dizer quem eu sou. Novamente agradeço ao clube e tenho um carinho muito grande pela torcida que entendeu meus motivos e decidi ir para um lugar que seria melhor para mim e para minha família naquele momento. Agora estou trabalhando em outro local, com a mesma determinação que sempre tive em minha carreira e por respeito total ao Santos não quero nenhum tipo de relação com este senhor que ocupa o cargo de presidente e não teve suas contas aprovadas e já teve que passar até por processo de impeachment. Sem mais.

A post shared by Gustavo Henrique⚽️ (@ghenrique093) on

Confira a nota de Gustavo Henrique na íntegra:
Fiquei espantado com uma notícia veiculada hoje na imprensa. O presidente do Santos, clube pelo qual tenho um carinho grande, fui criado, sempre respeitei e fui muito feliz, deu declarações denegrindo minha imagem.( me chamando de “mau caráter“)

Meu contrato com o Santos foi cumprido rigorosamente. Todas as minhas obrigações e deveres foram feitos. Me espanta o presidente voltar à tona agora um assunto que já foi encerrado há quatro meses e de maneira diferente do que ele disse.

Dei prioridade ao Santos desde o meio do ano passado, quando poderia ter assinado um pré-contrato com outro clube, e não o fiz, estive a todo momento à disposição para conversar e negociar, fui capitão do time com muito honra e orgulho, mas os ciclos se encerram. E isso não é sinônimo de desrespeito ao clube.

É só perceber que dirigentes de outros times, técnicos que passaram pelo clube e todo mundo que tem relação com este senhor, sempre reclamam de sua postura.

Estou muito feliz no Flamengo e acredito que neste momento, uma entrevista como essa soa como oportunismo, até porque o período eleitoral do Santos Futebol Clube está se aproximando. Quem me conhece sabe do meu caráter e não é uma pessoa como ele que vai dizer quem eu sou.

Novamente agradeço ao clube e tenho um carinho muito grande pela torcida que entendeu meus motivos e decidi ir para um lugar que seria melhor para mim e para minha família naquele momento. Agora estou trabalhando em outro local, com a mesma determinação que sempre tive em minha carreira e por respeito total ao Santos não quero nenhum tipo de relação com este senhor que ocupa o cargo de presidente e não teve suas contas aprovadas e já teve que passar até por processo de impeachment. Sem mais.

Rodrygo: melhor jogador jovem do mundo é bom filho e irmão coruja

Últimas