Acordo selado: Tottenham anuncia a contratação de José Mourinho

Treinador chega para comandar a equipe londrina após a demissão de Mauricio Pochettino. Contrato assinado pelo 'Special One' é válido até o fim da temporada 2022/2023

Lance

Lance

Lance

José Mourinho está de volta à beira do gramado. O Tottenham agiu rápido e anunciou na manhã desta quarta-feira a contratação do treinador. O português chega para assumir o lugar que pertencia a Mauricio Pochettino, demitido após resultados ruins na atual temporada. O contrato assinado será até 2023.

-> Confira a tabela do Campeonato Inglês

A equipe de Londres será a terceira casa do 'Special One' na Inglaterra. Antes, o português comandou Chelsea (nas passagens de 2004 a 2007 e 2013 a 2105) e Manchester United (entre 2016 a 2018). Três vezes campeão do Campeonato Inglês, a chegada do treinador é marcada por expectativas. O presidente do Tottenham, Daniel Levy explicou a opção pelo experiente comandante.

- Com José, temos um dos técnicos de maior sucesso no futebol. Ele tem uma vasta experiência, pode inspirar equipes e é um grande estrategista. Ele ganhou títulos em todos os clubes que treinou. Acreditamos que ele trará energia para o vestiário.

Mourinho, porém, terá desafios no novo ambiente de trabalho. O Tottenham é apenas o 14º colocado no Campeonato Inglês. Na Liga dos Campeões, os Spurs estão na segunda colocação do Grupo B, com sete pontos. A liderança pertence ao Bayern de Munique, que soma 12. O treinador destacou a qualidade do elenco e aposta na retomada dos bons resultados na sequência da temporada.

- Empolgado por trabalhar em um clube com uma grande torcida apaixonada. A qualidade da equipe me excita. Trabalhar com esses jogadores é o que me atraiu - disse Mourinho.

José Mourinho é um dos técnicos mais vitoriosos da história. No futebol inglês seu trabalho de destaque foi no Chelsea, onde venceu três vezes a Premier League. O treinador ainda soma duas conquistas de Liga dos Campeões, em trabalhos realizados no Porto (2003/2004) e Internazionale (2009/2010). Além disto, ele esteve à frente do Real Madrid e conquistou o Espanhol (2011/2012).