Futebol Absurdo e fantástico: Vidal apresenta credenciais ao Flamengo e titularidade parece questão de tempo

Absurdo e fantástico: Vidal apresenta credenciais ao Flamengo e titularidade parece questão de tempo

Arturo Vidal fez grande apresentação diante do Athletico, na Arena da Baixada, e foi elogiado por torcedores, pelos companheiros e, claro, pelo treinador Dorival Júnior

Lance
Lance

Lance

Lance

Titular pela primeira vez na equipe principal do Flamengo, Arturo Vidal apresentou, de vez, suas credenciais: pegada na marcação e controle do ritmo de jogo. Não à toa, liderou o time em desarmes e foi o segundo maior passador, atrás apenas de Filipe Luís. Assim, a presença do chileno nos "11 ideais" parece ser questão de tempo.

+ Flamengo supera valor milionário em premiação na temporada

- Vidal entrou, foi muito bem. Tranquilo, equilibrado. Fez seu trabalho com desenvoltura, dá um timing ao meio de campo. Cada um tem uma característica. Em todos os momentos que o Vidal entra, ele se sente confortável. Temos que ter calma porque ele ficou um longo tempo parado. Mas estou muito satisfeito - avaliou Dorival Júnior.

A primeira chance de Vidal ao lado de Arrascaeta, Filipe Luís e Gabi, entre outros, veio pela ausência de Thiago Maia, que cumpriu suspensão na partida de quarta-feira. Assim, o chileno atuou pelo lado esquerdo do meio de campo, junto com Everton Ribeiro, pela direita, João Gomes, que saiu da esquerda para a faixa central.

Até então, Vidal havia sido utilizado por Dorival Júnior oito vezes. Foi titular contra Atlético-GO e São Paulo, pelo Brasileirão, jogos nos quais o Flamengo atuou com a forte equipe alternativa e venceu.

Uma situação parecida com Fabrício Bruno, que entrou no time devido à suspensão de David Luiz e manteve o altíssimo nível. Após a partida, o zagueiro explicou o que permite tais mudanças na equipe.

- Está todo mundo tendo oportunidades. Quando ele chegou, (Dorival) pregou isso. Não teria titulares ou reservas. Estamos felizes, todos jogando, e é o que ele pede, que a gente mantenha a corda esticada para aproveitar as oportunidades - afirmou, completando:

- Entramos eu e Vidal, que não vínhamos jogando (no time principal), e o que o Vidal fez aqui... A experiência do chileno é absurda.

REFERÊNCIA 'FANTÁSTICA' TAMBÉM PARA OS JOVENS

Nas outras partidas em que foi titular, o meia compôs o setor ao lado de outro experiente atleta - Diego, de 37 anos - e de Victor Hugo, de apenas 17. O jovem atleta, que disputa sua primeira temporada com o elenco profissional e vem ganhando minutos com Dorival Júnior, valorizou demais a chance de estar ao lado do "fantástico" meia.

- É um jogador fantástico, sem dúvidas. É uma oportunidade que estou tendo e ou muito grato. Tento desfrutar sempre, aprender cada vez mais e aproveitar os momentos, porque é, realmente, um excelente jogador, ganhou muita coisa. Só tenho a aprender - afirmou Victor Hugo.

A grande atuação na Arena da Baixada também foi reconhecida pelos torcedores. Na saída do estádio, o "assunto Vidal" estava em alta entre os rubro-negros presentes na Arena da Baixada - todos empolgados com o futebol do reforço. Agora, caberá a Dorival Júnior definir quando o chileno voltará a atuar. No domingo, o Flamengo enfrenta o Palmeiras pelo Brasileirão. Já na quarta, inicia as semis da Copa do Brasil diante do São Paulo. Uma semana depois, tem o Vélez Sarsfield (ARG) pela Libertadores. Oportunidades não faltarão.

Últimas