FMF estuda protoloco para retorno dos jogos sem torcida em Minas

A entidade diz que o campeão mineiro será decidido em campo, mas dificilmente haverá chance dos portões dos estádios serem abertos ao torcedor

Lance

Lance

Lance

Segundo a Federação Mineira de Futebol(FMF), o Campeonato Mineiro será definido dentro de campo ainda em 2020. A garantia de se ter um campeão dentro das quatro linhas foi dada pelo diretor de competições da entidade, Leonardo Barbosa.

Barbosa afirmou também que há um planejamento para criar um protocolo de treinos e jogos que permitam a retomada dos jogos. Uma coisa é certa: as partidas serão com portões fechados.

- Os campeonatos vão acontecer. O Estadual vai acabar. Não tem a menor chance de acabar agora. Primeiro, porque o campeonato tem que acabar no campo. Segundo porque temos um milhão de coisas envolvidas financeiras. Futebol é um negócio, e um negócio milionário. Temos cotas de TV milionária. Agora, como vai ser a adequação do calendário, depende da Fifa, Conmebol, CBF e com as Federações-disse em entrevista ao perfil Futclass, em uma live no Instagram.

O diretor de competições da FMF disse que, por enquanto não há previsão de alterações nos formatos das competições estaduais ou nacionais.
- Hoje não existe nenhuma conversa de se alterar fórmula de campeonato, porque tem muita coisa envolvida, cota de TV, patrocínio. Nós vamos encerrar os campeonatos, e o Brasileiro vai acontecer do mesmo jeito. Mata-mata, turno único, nada disso. Tem muita coisa por trás.


A única certeza para a volta das partidas ao estádios mineiros é que os portões serão fechados, sem acesso do torcedor.

- Eu acho que portão fechado é inevitável, porque, assim, o que estão falando de aglomeração de show, de eventos com aglomeração é para agosto ou setembro. Se a gente tiver que aguardar agosto, setembro, aí de fato você vai inviabilizar o calendário. É um caminho sem volta.

Segundo Barbosa, o trabalho neste momento é de conseguir elaborar uma forma segura para que haja jogos de futebol.

- Nós estamos diante de uma situação do poder público, dos órgãos de saúde. A gente vem tomando as medidas, estamos criando um protocolo de segurança para que, quando puder voltar, ainda que com portões fechados, como vamos fazer. Vamos fazer os jogos com portões fechados, qual é o protocolo de saúde que tem que adotar para as poucas pessoas que lá estejam não se infectem, não sejam expostas-concluiu.

O Estadual mineiro está parado desde do dia 16 de março, quando foi disputada a nona rodada da primeira fase, que tem o América-MG como líder.