Lance Fluminense vence Ceará e se aproxima do G4 do Brasileirão

Fluminense vence Ceará e se aproxima do G4 do Brasileirão

Tricolor venceu Vozão, fora de casa, com três gols de jogadores da sua base de Xerém: John Kennedy, Martinelli e Samuel

Lance
  • Lance | por Lance

Meninos de Xerém deram show em Fortaleza

Meninos de Xerém deram show em Fortaleza

Lance

Em uma segunda de carnaval atípica, o Fluminense venceu o Ceará por 3 a 1, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O grande destaque da partida foi a base do Tricolor das Laranjeiras. Os jovens John Kennedy, Martinelli e Samuel marcaram os gols da vitória, enquanto Vina descontou para o Vozão. Com o triunfo, a equipe carioca chegou a 60 pontos e se aproxima do G4 da competição.

Na próxima rodada, o Ceará visita o já rebaixado Coritiba, no Couto Pereira, sábado, às 18h30 (de Brasília). O Fluminense, por sua vez, joga no dia seguinte, e também fora de casa. O Tricolor encara o Santos, que ainda luta por uma vaga na pré-Libertadores, na Vila Belmiro, às 18h15 (de Brasília).

Duelo equilibrado
No Castelão, a partida começou equilibrada, com as duas equipes explorando os lados do campo. Com o sonho de uma vaga na competição continental, o Ceará chegou com perigo pelo lado esquerdo. Sobral recebeu e chutou no canto, e a bola passou rente à trave de Marcos Felipe. E o Fluminense respondeu com um forte chute de Martinelli, que subiu e pouco levou perigo ao arqueiro Richard.

Vozão ousado
Após um erro de passe de Yago Felipe, Saulo Mineiro disparou em velocidade pela direita e cruzou na medida para Vina escorar. Porém, o camisa 29 tirou demais do goleiro Tricolor e a bola foi para fora. Com mais volume de jogo, os donos da casa apareceram novamente com perigo. Dessa vez, o meio-campista Charles arriscou de longe e obrigou Marcos Felipe a fazer grande defesa.

Tem estrela!
Durante todo primeiro tempo, o Tricolor das Laranjeiras buscou a velocidade de seus jovens. Os Moleques de Xerém, responsáveis por dar mais qualidade à equipe carioca, voltaram a se destacar na competição. Após furar em um lance, o atacante John Kennedy mostrou ter estrela. Aos 44, ele recebeu um lindo passe em profundidade de Nenê, e com tranquilidade tocou na saída do goleiro Richard e abriu o placar para o Flu.

Confusão na área tricolor
Com a volta do intervalo, o Ceará colocou em campo Felipe Vizeu e Wescley e logo no primeiro minuto teve a chance de empatar. Em uma tabela com Vina, o camisa 39 foi até a linha de fundo e cruzou para o meio da área. Luccas Claro tentou afastar e depois e um bate-rebate, Nino salvou em cima da linha e conseguiu evitar o perigoso ataque do time cearense.

Os Moleques de Xerém!
Com o adversário sendo mais perigoso na etapa final, a base do Fluminense voltou a aparecer para dar alegria ao seu torcedor. Em um linda jogada, com um passe primoroso de Nenê, Egídio tocou para trás e a bola sobrou para o jovem Martinelli na área. O meio-campista chutou forte, sem chance para o arqueiro do Vozão e ampliou o placar.

Lei do ex não falha!
Com o resultado adverso, o Ceará foi em busca de diminuir a vantagem do Flu e Vina foi até a linha de fundo e cruzou para Wescley, que sozinho, cabeceou para fora. Minutos depois, o camisa 29 recebeu na área e foi derrubado por Calegari. Com força, Vina bateu o pênalti e descontou para o Ceará.

A base vem forte!
​Na parte final da partida, o Fluminense ainda teve tempo de ampliar o resultado. Após cruzamento perfeito de Egídio na área, o jovem Samuel marcou de cabeça o seu primeiro gol pelos profissionais do Tricolor. Com um verdadeiro show dos Moleques de Xerém, a equipe carioca demonstra força e qualidade na reta final do Brasileirão.

CEARÁ 1X3 FLUMINENSE

Data/Hora: 15/02/2021, às 18h
Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA - GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA - GO) e Bruno Raphael Pires (FIFA - GO)
Árbitro de vídeo: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Cartões Amarelos: Léo Chu (CEA) / Lucca (FLU)

Gols: John Kennedy (44/1T), Martinelli (13/2T), Samuel (42/2T) (FLU) / Vina (32/2T) (CEA)

CEARÁ (Técnico: André Luís dos Santos e Daniel Azambuja*)
Richard; Eduardo, Tiago (Klaus 40/2T) Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Fabinho, Charles (Wescley - intervalo), Fernando Sobral (Rick 23/2T); Vina, Léo Chú (Vitor Jacaré 17/2T)), Saulo Mineiro (Felipe Vizeu - intervalo)

*membros da comissão técnica substituindo Guto Ferreira e Alexandre Faganello, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

FLUMINENSE (Técnico: Marcão)
Marcos Felipe, Calegari, Nino Luccas Claro e Egídio; Martinelli (André 44/2T), Yago Felipe e Nenê (Hudson 41/2T); Luiz Henrique (Fernando Pacheco 40/2T), Lucca (Michel Araújo 22/2T) e John Kennedy (Samuel 22/2T)

Bayern sofre com Arminia e campo cheio de neve na volta do Mundial

Últimas