Fluminense e Flamengo renovam termo de cogestão do Maracanã até abril de 2020

Presidentes Mário Bittencourt e Rodolfo Landim celebraram a assinatura do termo, publicado no Diário Oficial do Rio de Janeiro nesta segunda-feira, dia 14 de outubro

Lance

Lance

Lance

Mário Bittencourt e Rodolfo Landim, presidentes de Fluminense e Flamengo, respectivamente, assinaram na última quinta-feira, dia 10 de outubro, o novo termo de permissão para a cogestão do Estádio do Maracanã, o qual terá validade até abril de 2020. A renovação da permissão foi publicada na edição desta segunda do Diário Oficial do Estado, e celebrada pelos mandatários.

O protocolo da assinatura do termo foi realizado na Seção Verde do Palácio Guanabara e contou com a presença do Secretário Estadual de Esporte, Lazer e Juventude, Felipe Bornier, além do representante de Fluminense, o presidente Mário Bittencourt, e dos do Flamengo, o mandatário Rodolfo Landim e o CEO Reinaldo Belotti.

- Celebramos mais uma importante etapa na continuidade da boa gestão no Maracanã que nos garantirá a utilização do estádio por mais seis meses. A partir de agora vamos trabalhar ainda mais, junto com o nosso parceiro Flamengo, para conseguirmos a gestão do estádio pelo período da concessão - afirmou o tricolor Mário Bittencourt.

- Tivemos uma experiência excelente durante esses seis meses que estivemos no controle do Maracanã. Conseguimos neste tempo resolver alguns problemas crônicos do estádio e estamos muito animados com essa renovação até o mês de abril do próximo ano. Mas paralelo a isso, estamos elaborando o nosso PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse), divulgado no mês passado pelo Governo do Estado, e que suportará o Edital de Licitação de Concessão do Maracanã pelos próximos 35 anos - projetou o rubro-negro Rodolfo Landim.