Lance Federer supera batalha dramática e vai às oitavas contra top 10 em Roland Garros

Federer supera batalha dramática e vai às oitavas contra top 10 em Roland Garros

Suíço se viu contra a parede, mas avançou

Lance
Lance

Lance

Lance

Número oito do mundo, Roger Federer emplacou, na noite deste sábado, madrugada de domingo em Paris, sua terceira vitória em Roland Garros e garantiu vaga nas oitavas de final do Grand Slam disputado sobre o piso de saibro.

O natural da Basileia superou o alemão Dominik Koepfer, 59º colocado, por 3 sets a 1 com apertados 7/6 (7/5) 6/7 (7/3) 7/6 (7/4) 7/5 após 3h36min de duração no jogo da rodada noturna e sem público no Aberto da França na quadra Philippe Chatrier.

Federer ficou mais de um ano parado e faz apenas seu terceiro torneio desde a volta em março e disputa seu primeiro Grand Slam desde janeiro de 2020.
Ele disputa o Aberto da França pela 18ª vez e soma sua 73ª vitória no evento onde foi campeão em 2009. são agora 365 vitórias em Grand Slams, 1276 na carreira, 226 sobre o piso lento.

Seu adversário de segunda-feira nas oitavas de final será o italiano Matteo Berrettini, nono colocado, que passou pelo sul-coreano Soonwoo Kwon em sets diretos. São duas vitórias sobre o adversário, uma com facilidade em Wimbledon 2019 e outra com um pouco mais de dificuldade no ATP World Finals naquele mesmo ano. Berrettini vem fazendo uma boa temporada de saibro com título no primeiro ATP 250 de Belgrado, na Sérvia, e final no Masters 1000 de Madri, na Espanha.

O jogo
O suíço viveu um drama ao estar abaixo com quebra no terceiro set na iminência de ficar 2 sets a 1 abaixo em um jogo onde cometeu muitos erros não-forçados (63) e penou diante das condições mais lentas impostas pela noite e o dia mais frio parisiense.



No primeiro set a partida foi saque a saque com muitos erros dos dois lados. No tie-break o suíço abriu uma miniquebra, permitiu a chegada do rival e no detalhe fechou por 7/6 (7/5) após 1h02min.

Na segunda etapa, Roger abriu quebra com 2/0 e 3/1, mas Koepfer logo a seguir devolvia e equilibrava a partida. Foram 20 erros não-forçados na parcial e no tie-break só erros do natural da Basileia. Aí não tem como vencer e Koepfer fechou.

No terceiro set, koepfer quebrou e se manteve sólido até o 4 a 2 com um Federer um pouco cabisbaixo. Só que o canhoto germânico fez game ruim, com erros e devolveu Roger para a partida. Federer foi mais consistente, diminuiu os erros a 12 na parcial e fechou por 7/6 (7/4).

No quarto set, Federer abriu uma quebra em 2 a 1 com uam bola duvidosa. Koepfer foi lá do outro lado vê-la, questionou e cuspiu na marca. Levou outra advertência, perdeu um ponto. Federer abriu 40 a 15, mas bobeou, perdeu o saque e colocou o adversário de volta na partida. O jogo foi saque a saque até Federer conseguiu pressionar e quebrar para abrir 6 a 5 e fechar rapidamente no serviço e vibrar com o triunfo difícil.

Últimas