Lance Federer afirma não estar 100% ainda e vê positiva a campanha em Doha

Federer afirma não estar 100% ainda e vê positiva a campanha em Doha

Tenista decide sobre Dubai até o fim desta sexta

Lance
Lance

Lance

Lance

Roger Federer, número seis do mundo, se mostrou conformado com sua derrota nesta quinta-feira nas quartas de final do ATP 250 de Doha, no Qatar, no que foi sua segunda partida após 405 dias de inatividade por duas cirurgias no joelho.

“Acho que partidas são importantes. E o que virá antes da grama, no saibro. Não tenho escolha a não ser jogar no saibro. No fim das contas tudo leva à grama, o que me fizer ficar 100% até lá, eu farei", disse Federer após a derrota por 3/6 6/1 7/5 para o georgiano Nikoloz Basilashvili.

"Estou feliz que fui capaz de jogar duas partidas seguidas em melhor de três sets contra jogadores top. Isso foi um grande passo para mim. Não estou 100% ainda. Posso sentir assim. Importante é estar 100% na grama. Esse é o objetivo. Estou feliz como me senti em quadra".

"Honestamente esperava me sentir assim. Senti dores musculares nos ombros e em volta. Acho que vem pela pressão. Nos jogos você dá uns 5% a mais, não sei o que é", disse o suíço que não mostrou preocupação com as dores.



"Acho que o Basilashvili joga diferente do que o Dan (Evans). É por isso que eu tenha tido mais dificuldades".

O tenista vai pensar nas próximas 24h se joga ou não o ATP 500 de Dubai, nos Emirados Árabes, que começa na próxima semana: 'Não decidi ainda. Vamos decidir essa noite ou até amanhã. Não quis conversar sobre isso ontem, o importante era descansar".

Últimas