Lance EXCLUSIVO: Jean Carlos, volante do Palmeiras, comenta estreia com gol pelo Brasileirão Sub-17

EXCLUSIVO: Jean Carlos, volante do Palmeiras, comenta estreia com gol pelo Brasileirão Sub-17

Meia foi o autor do único tento alviverde na derrota diante do Flamengo, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro da categoria

Lance
Lance

Lance

Lance

Na noite da última segunda-feira (10), o Palmeiras saiu derrotado diante do Flamengo, por 2 a 1, no Allianz Parque. A partida foi válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro Sub-17, marcando a estreia na temporada 2021 e o retorno da categoria após cinco meses.

O gol alviverde foi marcado pelo meio-campista Jean Carlos, que viveu uma noite de altos e baixos no gramado do Allianz Parque. Escalado como titular, o camisa 5 foi o principal nome do primeiro tempo da equipe, sendo coroado com um bonito gol. No entanto, na segunda etapa, o jovem acabou expulso após forte entrada no adversário.


>> Dudu de volta ao Palmeiras? Veja jogadores emprestados que ainda são do seu time
>> Confira a tabela da Libertadores e faça sua simulação

Com exclusividade ao NOSSO PALESTRA/LANCE!, Jean contou o misto de sensações depois dos momentos vividos, revelando a sensação inexplicável de balançar as redes do Allianz Parque em sua primeira partida no estádio.

– Fico muito feliz pelo meu primeiro tempo e muito triste pelo segundo. A expulsão foi um erro e estou aprendendo com ele. A sensação de balançar as redes no Allianz Parque foi inexplicável, bem no meu primeiro jogo no estádio. Isso me deixa mais feliz e mais orgulhoso.

Destaque do Sabotage FC, projeto na favela do Canão dirigida por familiares do famoso cantor brasileiro de mesmo nome, a promessa está no Palmeiras desde 2018. Estreando na categoria sub-17 na partida diante do Rubro-Negro carioca, Jean deve ser uma das importantes peças do treinador Artur Itiro nesta temporada.

Sem atuar oficialmente desde antes do início da pandemia da Covid-19, o volante admitiu sentir muita diferença de intensidade e volume da partida neste primeiro confronto na categoria, mas ressaltou que a dificuldade é minimizada por conta dos treinamentos realizados diariamente na Academia de Futebol II, em Guarulhos.

– É inevitável não sentir a diferença. Nos treinamentos do dia a dia a comissão vem ajudando de todas as formas colocando intensidade nos trabalhos, porque na hora do jogo, a gente não se assusta com a velocidade e o volume da partida.

Individualmente, o estilo de jogo do meia remete ao que o clube busca atualmente. Semelhante a Danilo, Patrick de Paula e Gabriel Menino, Jean ajuda seus colegas no Palmeiras tanto na fase defensiva, quanto na ofensiva. Marca registrada nas categorias de base do Verdão, os atletas com esse tipo de características vêm ganhando cada dia mais espaço no futebol moderno.

Além da função tática extremamente importante, existe também a parte técnica. Excelente marcador, com bom passe e finalização, a promessa revelou que existem trabalhos e treinamentos específicos para aprimorar as marcas posicionais.

– Tem todo o trabalho para que os atletas desenvolvam na sua melhor forma. Existem sim alguns mais específicos, para a gente melhorar e apropriar tanto na posição, quanto no estilo de jogo do Palmeiras.

Jean Carlos Palmeiras

Jean Carlos Palmeiras

Lance

Jean Carlos em ação pelo Palmeiras (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

Após o revés em casa, o Alviverde volta a campo na tarde de sábado (15), buscando a primeira vitória na competição. A partida será diante do Botafogo, no CEFAT Niterói, válida pela segunda rodada da primeira fase.

Suspenso, Jean analisou o que mudar no Palmeiras para conseguir os três pontos nos próximos compromissos. Tendo como grande tônica diante do Flamengo o alto número de chances criadas e desperdiçadas no primeiro tempo, o meia concluiu ressaltando que a mudança precisa partir na melhora em aproveitar as oportunidades.

– Sempre existe algo para mudar ou para melhorar. Na minha opinião, só estamos precisando fazer os gols. Então é trabalhar e ir evoluindo em todos os quesitos durante o campeonato. – concluiu o meia.

Últimas