Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Ex-jogador da NBA descobre que é autista aos 31 anos após diagnóstico do filho: 'Estou aliviado'

Condição é caracterizada por comprometimento na comunicação e interação social

Lance

Lance|Do R7


Tony Snell foi diagnosticado com autismo
Snell foi draftado pelo Chicago Bulls em 2013 (Foto: Reprodução/Instagram)

Ex-jogador da NBA, Tony Snell foi surpreendido com um diagnóstico de autismo após descobrir que o filho de 1 ano e meio é portador da condição, caracterizada por comprometimento na comunicação e interação social. O atleta, que atualmente defende o Maine Celtics pela G League, liga de desenvolvimento dos EUA, afirmou que agora consegue entender seu jeito "diferente" dos outros.

"Quando meu filho foi diagnosticado, pensei que poderia ter o mesmo. Isso me deu coragem para fazer testes. Sempre fui muito independente. Sempre estive sozinho. Não conseguia me conectar com as pessoas. Estou aliviado; é por isso que sou do jeito que sou. Isso fez toda a minha vida, tudo sobre a minha vida fazer muito sentido. Foi como ver a luz, como colocar óculos 3D", disse.

Snell refletiu sobre as "limitações" que teriam sido impostas a ele em caso de diagnóstico na infância e prometeu ser um guardião e protetor do filho.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

• Compartilhe esta notícia no Telegram

"Eu provavelmente teria me limitado com as coisas que poderia fazer. Não acho que estaria na NBA se tivesse sido diagnosticado com autismo na idade de meu filho. Eles teriam colocado um limite em minhas habilidades", afirmou.

Publicidade

"Quero que ele saiba que o protejo. Quando era criança, sentia-me diferente, mas posso mostrar-lhe que estou aqui com ele, que vamos crescer juntos e que vamos conseguir muitas coisas", concluiu.

Leia também

Draftado pelo Chicago Bulls NBA como 20º na escolha em 2013, o ala-armador de 2,01 m defendeu também equipes como Milwaukee Bucks, Detroit Pistons, Atlanta Hawks, Portland Trail Blazers e New Orleans Pelicans. No total, o atleta fez 601 jogos em nove temporadas na principal liga de basquete do mundo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.