Lance Empresários 'outsiders' investem em gamers para lucrarem com NFTs

Empresários 'outsiders' investem em gamers para lucrarem com NFTs

Investidor-anjo, Iago Peixoto explica como lucrar com de jogos em blockchain sem precisar jogar

Lance
Lance

Lance

Lance

O sucesso dos jogos NFT vem atraindo ao mundo dos games não só os amantes dos esportes eletrônicos, como também investidores tradicionais que veem nos ativos digitais uma chance de alto lucro a longo prazo.

Geralmente esses "outsiders" não atuam na linha de frente dos jogos, seja por falta de gosto, habilidade ou tempo. Para isso, eles costumam agir como investidores-anjos, ou seja, contratam jogadores para jogar por eles.

Um exemplo desse movimento é o jovem empresário Iago Peixoto, que, embora não seja fã de games, tornou-se um "investidor anjo". Ele dá o suporte financeiro para um jogador de sua confiança estudar e se estruturar para obter lucro jogando. O total acumulado é dividido entre eles de acordo com uma negociação prévia.

"Me identifiquei com jogos NFT porque estou sempre à procura de investimentos a longo prazo. Como eu nunca fui muito de jogar videogame, eu optei por injetar dinheiro em um jogador especialista para que ele tenha todas as condições de trazer o retorno financeiro para a minha empresa. Hoje estamos ativos no 'Axie Infinity' e no 'Bombcripto'", explica.

Para iniciar em jogos em blockchain é necessário adquirir criptomoedas do game escolhido e, então, comprar personagens, ferramentas e até mesmo terrenos. Vale destacar que, quanto mais raro o item, maior o seu valor e mais lucro ele pode gerar. Outra forma é jogar bastante, para acumular o lucro e ter o retorno a longo prazo.

"Para quem está interessado, eu indico estudar bastante. Tem muito conteúdo interessante no Youtube. Não dá para apenas investir seu dinheiro, é preciso entender pelo menos o básico, o fundamento. Para aqueles que não têm tempo ou simplesmente preferem não jogar, eu aconselho fazer como eu e investir o capital em um jogador que possa se dedicar."

Últimas