Edílson e Cruzeiro se acertam e o lateral consegue a rescisão

O contrato do jogador iria até dezembro. Os valores que o clube mineiro ainda deve para o lateral serão pagos a partir de 2021

Lance

Lance

Lance

Cruzeiro e o lateral-direito Edilson entraram em um acordo e o contrato do jogador foi oficialmente rescindido após a dispensa no início de junho. O acordo do atleta com a Raposa iria até dezembro deste ano e o fim do vínculo já apareceu no BID(Boletim Informativo Diário, da CBF). Os valores em aberto entre o lateral-direito e a Raposa serão pagos a partir de 2021.

A saída de Edílson foi pelo alto salário que recebia, acima do teto de 150 mil reais estipulado pelo clube. Com a sua liberação, o destino do jogador poderá o ser o Avaí, que se mostrou interessado em ter o experiente atleta.

Edílson, que aportou na Toca da Raposa em 2018, vindo do Grêmio, teve uma passagem com mais polêmicas do que boas atuações, além de diversas lesões. Ele foi um dos protagonistas das discussões com Rogério Ceni, em 2019, gerando mal estar no elenco. Venceu a Copa do Brasil de 2018 com a Raposa e foi bicampeão Mineiro, em 2018 e 2019. Fez 75 jogos e marcou três gols.