Lance Écio Capovilla, ídolo do Vasco, morre aos 83 anos

Écio Capovilla, ídolo do Vasco, morre aos 83 anos

Ex-meio-campista atuou durante oito temporadas pelo Cruz-Maltino. Morava em Valinhos (SP), onde sofreu uma parada cardíaca na noite da última segunda-feira

Lance

Morreu na noite da última segunda-feira o ex-meio-campista do Vasco Écio Capovilla. Ídolo do Cruz-Maltino, ele defendeu o clube de 1956 a 1964. Ele não resistiu a uma parada cardíaca. Velório e sepultamento ocorrem na tarde desta terça-feira, em Valinhso (SP), onde nasceu e vivia.

Confira nota publicada pelo site oficial do Vasco:

"O Club de Regatas Vasco da Gama lamenta profundamente o falecimento do ex-jogador Écio Capovilla, que marcou época no Clube entre os anos de 1956 e 1964.

Meio-campo clássico, Écio está na memória do torcedor vascaíno mais antigo, que sabia de cor a escalação da linha média daquele time, com Écio, Orlando e Coronel. Ele conquistou, com a camisa cruzmaltina, o Supercampeonato Carioca e o Torneio Rio-São Paulo, ambos em 1958, e o Campeonato Carioca de 1956.

Natural de Valinhos, no interior de São Paulo, Écio também defendeu a seleção brasileira em 1960. Ele encerrou a carreira em 1966, após defender o Sporting Cristal, do Peru.

Écio tinha 83 anos e faleceu após sofrer uma parada cardíaca. Ele ainda chegou a ser levado com vida para um hospital de Valinhos, mas não resistiu."

Últimas