E agora? Emprestados do Vasco para o Estadual têm futuro indefinido

Lateral-direito Rafael França estava no Paraná. Meia Guilherme Costa e atacante Caio Monteiro estavam no Boavista. Um está lesionado e, quanto aos outros dois, há só espera

Lance

Lance

Lance

O período de paralisação do futebol está sendo ruim de modo geral, mas especialmente difícil, no Vasco, para um trio de jogadores. Eles estavam emprestados para o período dos campeonatos estaduais e, agora, tem seus respectivos futuros indefinidos: são eles Rafael França, Guilherme Costa e Caio Monteiro.

Guilherme, de 26 anos, e Caio, de 23, estavam no Boavista. O meia disputou três jogos pelo clube de Saquarema e sofreu uma lesão grave no joelho direito. O rompimento de um ligamento faz o atleta não ter prazo certo para retorno, que deve se dar no segundo semestre.

Já o atacante não chegou a entrar em campo. Mas o vínculo dele é até o final de 2021, diferentemente dos contratos dos outros dois atletas citados: tanto Guilherme quanto Rafael encerram o período ligados a São Januário em dezembro desta temporada.

No caso do lateral de 22 anos, foram quatro partidas disputadas pelo Paraná até aqui. Os contratos de empréstimo dos três terminaram no último dia 30, e o diretor executivo de futebol, André Mazzuco, afirma ainda não haver ainda definições.

- O Guilherme se lesionou e vai se tratar. Quanto ao Rafael, ainda não houve sinalização (do Paraná) e o Caio da mesma forma. Se os clubes não manifestarem, ainda vamos definir a situação de cada um deles. Nada definido ainda - afirmou ao LANCE!.