Djokovic: 'Sou o melhor'

Sérvio se considera o melhor, mas deixa o debate sobre o GOAT para outras pessoas

Lance
Lance

Lance

Lance

Novak Djokovic, número 1 do mundo, afirmou, em coletiva de imprensa, que se considera o maior de todos, mas deixou o debate sobre o chamado GOAT em aberto e não para ele. Ele alcançou Roger Federer e Rafael Nadal com 20 títulos de Grand Slam.

"Me considero o melhor e creio que sou o melhor, do contrário não estaria falando com confiança sobre os Grand Slams e sobre fazer história nesse esporte. Diante do debate se sou o melhor de todos os tempos, deixo para as outras pessoas. Nesses últimos anos manifestei que é muito complicado comparar as épocas do tênis. Estamos jogando em condições completamente diferentes. Temos raquetes diferentes, tecnologia, bolas, quadras....Estamos em condições diferentes. Não é o mesmo ter jogado na década de 50 e agora. É uma honra que muitos me chamem de GOAT", disse o agora hexacampeão de Wimbledon.

O sérvio foi questionado em quando começou a pensar no recorde de Federer: "Provavelmente comecei a pensar em tentar atingir esse recorde quando vi como aos poucos ganhei Grand Slams. Há alguns anos parecia que era algo complicado e fora do meu alcance, mas com trabalho consegui. Sempre acreditei que poderia jogar meu melhor tênis nos Grand Slams e ter a oportunidade de ganhar qualquer torneio. Sei que tenho um jogo muito completo e ao longo dos anos tenho mostrado que posso vencer em qualquer superfície. É incrível ser capaz de alcançar o recorde de quase todas as semanas como número um quase ao mesmo tempo e chegar aos Grand Slams 20. Tudo isso é incrível, mas sempre sonhei em alcançar o que há de mais importante neste esporte."

Últimas