Dirigente do Inter espera que Gauchão seja decidido no campo

Diferente do presidente do Grêmio, o vice do Colorado pede que o estadual seja decidido dentro das quatro linhas

Lance

Lance

Lance

Se antes o Campeonato Gaúcho estava perto do retorno, agora a história é diferente. Por conta das restrições no estado e o aumento de casos de coronavírus, o torneio é uma incógnita e, se for recomeçado, ele será disputado apenas em agosto.

O grande temor dos clubes é que o calendário fique espremido e eles sejam obrigados a acelerar a competição antes da volta do Campeonato Brasileiro, que tem previsão para ser iniciado no mês que vem.

No começo da semana, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, não descartou nomear o Caxias, campeão do turno inicial, como vencedor da competição, opção que causa incômodo no Internacional.

Em conversa com a Rádio Guaíba, o vice do Colorado, João Patrício Hermann, defende que o torneio precisa ser decidido dentro de campo.

‘Queremos terminar o campeonato dentro de campo, mesmo que as datas sejam apertadas. A intenção é cumprir aquilo que está acordado no regulamento da competição, sem virada de mesa’, afirmou.