Deyverson se despede do Getafe: 'Segunda casa em país que admiro'

Centroavante está emprestado até terça-feira, mas clube espanhol já avisou que não renovará e o jogador busca um novo destino; ele não deve retornar ao Palmeiras

Lance

Lance

Lance

Deyverson utilizou sua conta particular no Instagram para agradecer e se despedir do Getafe. O atacante está emprestado até terça-feira, mas já vem ficando fora de partidas e foi informado de que o clube espanhol não terá condições financeiras de mantê-lo no elenco. O centroavante tem mais dois anos de contrato com o Palmeiras, mas não deve retornar à equipe. Seus empresários buscam um novo destino, com meta de fazê-lo seguir na Europa.

- Hoje, eu me despeço desse clube que me recebeu de portas abertas, com muito carinho por parte de todos os meus companheiros, dirigentes e torcedores. Uma segunda casa, num país que tanto admiro. Foram poucos meses, mas muito aprendizado, e gostinho de ter balançando as redes por vocês - escreveu Deyverson.

- De longe, seguirei torcendo, pois desejo que consigam ir longe na La Liga, e acredito que é possível vencer a Liga Europa, o grupo e a torcida merecem esse título! Fica o meu até logo, obrigado, Getafe. Agora, estou à espera de novos desafios. Porque nunca foi sorte, sempre foi Deus - completou o jogador.

Confira a publicação de Deyverson em sua conta particular no Instagram:

Antes da paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus, o Getafe tinha demonstrado interesse em ficar com Deyverson, mesmo sem ele ter batido as metas estipuladas no contrato. O próprio jogador deu seguidas declarações avisando que seu desejo é ficar. O panorama financeiro, contudo, fez com que a equipe espanhola desistisse de sua contratação em definitivo.

A única forma que teria de seguir no Getafe, sem haver discussão, era se Deyverson batesse as metas estipuladas no contrato de empréstimo: nove gols, atuar em mais da metade dos jogos no período e o time se classificar para uma competição continental. Assim, o Verdão receberia 6 milhões de euros (R$ 35,9 milhões). O clube está em quinto lugar no Espanhol, em faixa da tabela que dá vaga na Liga Europa, mas, em sete jogos, o atacante marcou somente um gol.

O Verdão o contratou do Levante em 2017 por 5 milhões de euros (R$ 18 milhões na época) - a Crefisa fez o investimento e precisa ser ressarcida em até dois anos, seja após o fim do contrato ou a partir de uma venda. Autor de 25 gols em 104 jogos pelo Palmeiras, o centroavante conviveu com críticas. Peça importante no título brasileiro de 2018, inclusive marcando o gol que deu a taça ao clube, o atacante teve um desempenho bem abaixo na temporada passada.