Lance Decacampeão no Palmeiras, Hyoran confessa frustração com falta de oportunidades e avalia retorno

Decacampeão no Palmeiras, Hyoran confessa frustração com falta de oportunidades e avalia retorno

Atualmente no Galo, o meia falou também sobre as dificuldades de sua chegada a São Paulo após o acidente que vitimou o elenco da Chapecoense

Lance
Lance

Lance

Lance

Figura presente na conquista do título do Campeonato Brasileiro de 2018 pelo Palmeiras, o meia Hyoran, atualmente no Atlético-MG, falou nesta segunda-feira (31), em entrevista ao canal do YouTube “Tiro Livre”, sobre a saída do Verdão e revelou que esperava ter tido mais oportunidades no alviverde.

Titular do Palestra em alguns momentos sob o comando de Felipão, o meia afirmou que tinha a esperança de ganhar mais minutos em campo na temporada seguinte ao título do Brasileirão. Sem espaço, no entanto, Hyoran acabou sendo emprestado ao Atlético-MG em janeiro de 2020 e, um ano depois, o Galo exerceu a opção de compra pelo jogador no valor R$ 7,5 milhões por 50% dos direitos econômicos.

- No meu último ano no Palmeiras, em 2019, eu esperava ter mais oportunidades, mas as coisas acabaram não acontecendo. Não joguei tanto quanto eu esperava, imaginava e desejava. Isso acabou me desgastando um pouco. No final do ano, eu conversei com minha família e meu empresário e decidimos que aquele seria o momento de mudar um pouco as coisas. Foi algo que a diretoria aceitou de maneira muito tranquila e as coisas acabaram sendo boas para os dois lados com a minha compra pelo Atlético-MG - revelou o meia de 28 anos.

Anunciado pela Palmeiras em dezembro de 2016, Hyoran ainda contou sobre a chegada a São Paulo e afirmou que teve dificuldades de adaptação ao novo clube, muito por conta do impacto físico e psicológico causado pelo acidente aéreo da Chapecoense. O meia fazia parte da equipe catarinense na época da tragédia, mas, por conta de uma lesão no joelho, acabou ficando ficando em Chapecó e não integrou a delegação que rumava para Medelín.

- Na época, eu estava muito feliz com o acerto, já havíamos adiantado as negociações bem antes do anúncio oficial. Infelizmente o acidente da Chapecoense acabou me afetando muito naquela época e isso atrapalhou meu desempenho dentro de campo. Estava muito abaixo do meu nível física e psicologicamente. De qualquer forma estava muito feliz de chegar em um clube que tinha acabado de ser campeão Brasileiro. Foi um tempo de muito aprendizado e consegui me desenvolver muito ali - afirmou o jogador do Atlético-MG,

Hyoran ainda comentou sobre um possível retorno ao Verdão no futuro e a forma como criou uma relação especial com o clube.

- Não tenho nada do que reclamar do Palmeiras. Foi um clube muito especial na minha vida e, se um dia Deus me der a oportunidade de voltar e jogar lá de novo, voltarei com uma alegria muito grande. É um clube gigante e, com certeza, voltaria com facilidade - finalizou Hyoran.

Últimas