Lance Cruzeiro e Guarani empatam em duelo de seis gols no Mineirão

Cruzeiro e Guarani empatam em duelo de seis gols no Mineirão

Raposa e Bugre protagonizaram um duelo animado no Gigante da Pampulha, pela Série B

Lance
Lance

Lance

Lance

Cruzeiro e Guarani fizeram um jogo animado, com muitos gols. Uma diversão para quem gosta de bola nas redes. O placar foi de 3 a 3, gols de Thales, contra, Matheus Barbosa e Léo Santos para a Raposa, Bruno Sávio, duas vezes, e Régis, anotaram os tentos do Bugre no duelo do Mineirão, nesta quarta-feira, 30 de junho, pela oitava rodada da Série B.

O resultado não foi bom para ambos, pois não conseguiram encurtar a distância para o G4. O Cruzeiro está na 14ª posição, com oito pontos, enquanto o Bugre Campineiro chegou aos 10, ocupando a 10ª posição. O quarto colocado, último do G4 é o Sampaio Corrêa, com 15 pontos.

A partida foi cheia de alternativas ofensivas, com as defesa sendo superadas em diversas situações pelos dois ataques. O Cruzeiro saiu atrás, virou o jogo, mas não segurou o resultado. O Guarani ficou à frente no placar, teve chances de ampliar, porém faltou ser mais eficiente na parte ofensiva.

Chuva de gols no primeiro tempo

Com 40 minutos de jogo, cinco gols já estavam nas redes do Mineirão. O Bugre saiu na frente, a Raposa virou levou o empate. Matheus Barbosa colocou o time azul na frente, mas Régis salvou o time paulista da derrota na etapa final. Emoções não faltaram em outro jogo quente protagonizado pela Raposa, assim como foi a derrota por 4 a 3 para CRB.

Léo Santos chegou, chegando

O zagueiro grandão, com mais de 1,90m, usou sua altura, marcou o gol e pode ser uma boa alternativa para Mozart Santos. Norberto, outro estreante, foi discreto e precisa mostrar mais para pegar a vaga de Cáceres.

Pontos perdidos em casa novamente

A Raposa teve uma melhora, mas só melhorar não traz ponto na tabela.E o Cruzeiro precisa pontuar para se aproximar do G4 da competição e sonhar com uma vaga na elite em 2022.

Próximos jogos

A Raposa encara o Brasil de Pelotas-RS no sábado, 3 de julho, às 19h, em Pelotas. O Guarani terá o Brusque pela frente no domingo, 4, às 11h, em Campinas.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CRUZEIRO 3 X 3 GUARANI
Data: 30 de junho de 2021
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Rafael Martins de Sá(RJ)
Assistentes: Daniel do Espirito Santo Parro e Thiago Rosa de Oliveira (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Rodrigo Andrade (GUA), Andrigo (GUA), Thales (GUA)
Cartões vermelhos:
Gols: Bruno Sávio, aos 5’-1ºT(0-1), Thales(contra), aos 19’-1ºT(1-1), Léo Santos, aos 22’-1ºT(2-1), Bruno Sávio, aos 30’-1ºT(2-2), Matheus Barbosa, aos 40’-1ºT(3-2), Régis, aos 23’-2ºT(3-3)

CRUZEIRO (Técnico: Mozart Santos)

Fábio; Norberto, Léo Santos, Paulo e Matheus Pereira (Airton, aos 32’-2ºT); Matheus Barbosa (Giovanni Piccolomo, aos 32’-2ºT), Adriano (Thiago, aos 42’-2ºT) e Marcinho (Rômulo, aos 21’-2ºT); Bruno José, Felipe Augusto (Nonoca, aos 32’-2ºT) e Rafael Sobis.

GUARANI (Técnico: Daniel Paulista)

Gabriel Mesquita, Diogo Mateus, Thales, Ronaldo Alves e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade (Índio, aos 37’-2ºT) e Régis (Lucão do Breik, aos 37’-2ºT); Bruno Sávio, Júlio César (Allanzinho, aos 31’-2ºT) e Davó (Andrigo, aos 31’-2ºT)

Últimas