Lance Com gol no fim do jogo, Athletico vence o Paraná e começa o Campeonato Paranaense com o pé direito

Com gol no fim do jogo, Athletico vence o Paraná e começa o Campeonato Paranaense com o pé direito

Rômulo fez o único gol do jogo na Arena da Baixada

Lance
Lance

Lance

Lance

Na tarde deste domingo (23), Athletico e Paraná se enfrentaram no clássico que marcou a 1ª rodada do Campeonato Paranaense 2022. Na Arena da Baixada, o Furacão foi persistente e, nos minutos finais, conseguiu marcar o seu gol com Rômulo e saiu vencedor por 1 a 0.

Agora, as duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (26). Em casa, o Paraná recebe o Azuriz, às 19h. Enquanto isso, às 21h30, o Athletico-PR encara o Maringá, fora de casa. Ambos os jogos são válidos pela 2ª rodada do Campeonato Paranaense.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

COMEÇO EQUILIBRADO
Os primeiros movimentos na Arena da Baixada mostraram dois times com propostas diferentes. Em casa, o Athletico-PR buscou pressionar a saída de bola adversária, mas só chegou com perigo em um chute de longe de Juninho, mas a bola passou ao lado do gol.

Por outro lado, o Paraná 'aceitou' a pressão nos minutos iniciais. Contudo, aos poucos, o time começou a se soltar e criou suas jogadas pelo lado esquerdo. Apesar disso, o único chute se deu em uma sobra de escanteio, que Brener mandou à direita do gol.

GABRIEL LEITE VIRA PERSONAGEM
Com o passar do tempo, o jogo começou a ficar truncado no setor de meio de campo. Na melhor chance no trecho intermediário da primeira etapa, Pablo Thomaz ficou de frente para o gol após bola desviada, mas pegou mal na bola.

Na parte final da primeira etapa, Gabriel Leite virou personagem, Em um lance sozinho, o goleiro escorregou e lançou errado. No cruzamento de Reinaldo se redimiu e tirou de soco. Pouco depois, o mesmo atacante soltou uma bomba cruzada e o arqueiro espalmou, mas viu a bola bater na trave antes de sair.

FURACÃO PRESSIONA
Na volta para o segundo tempo, o Athletico-PR voltou mais incisivo e criou as principais oportunidades. Logo nos movimentos iniciais, Leonardo Ataíde fez lance pela direita, levou para o meio e bateu. Gabriel Leite fez a defesa e, na sobra, Juninho chutou travado pela defesa.

O goleiro do Paraná voltou a trabalhar mais duas vezes e ambas com Rômulo. Na primeira, o atacante saiu na cara do gol e tentou o drible. O arqueiro se esticou e tirou a bola dos pés do camisa 9. Mais tarde, o centroavante tentou de longe para ação tranquila do camisa 1 adversário.

TENTOU PELO ALTO
O Athletico seguiu sendo melhor no jogo ao longo do segundo tempo. Contudo, com dificuldades em chegar pelo chão, o Furacão passou a abusar a bola aérea e foi dessa forma que assustou.

Na primeira tentativa, Matheus Felipe apareceu sozinho em cobrança de escanteio e testou para o chão, contrapé do goleiro. Entretanto, a bola acabou passando ao lado do gol. Mais tarde, em novo tiro de canto, Daniel Cruz ajeitou de cabeça para o meio e Luan Patrick tentou encobrir Gabriel Leite, mas mandou para fora.

GOL DA VITÓRIA
​Nos acréscimos, o Athletico partiu para o tudo ou nada e finalizou de todas as maneiras possíveis para abrir o placar. A estratégia deu resultado já aos 50 minutos.

Em lance individual de Julimar, que entrou bem pelo lado direito, o lateral cruzou e Rômulo se antecipou à defesa. Assim, o atacante só desviou e fez o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO-PR 1 X 0 PARANÁ
​​​​​​​Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 23 de janeiro de 2022 (domingo), às 16h
Árbitro: Murilo Ugolini Klein (PR)
Assistentes: Flávio Augusto Alves (PR) e Fernando Cesar Tobias (PR)
Gol: Rômulo (50'/2°T) (1-0)
Cartões amarelos: Leonardo Ataíde, Anderson, Pedrinho (Athletico-PR), André Krobel, Luis Felipe, Talysson Lalau (Paraná)

ATHLETICO-PR: Anderson; Matheus Felipe, Luan Patrick e Lucas Fasson; Leonardo Ataíde (Julimar, aos 25'/2°T), Pablo Siles, Juninho (Davi, aos 21'/2°T) e Vinícius Kauê (Pedrinho, aos 13'/2°T); Jader (Daniel Cruz, aos 21'/2°T), Reinaldo (João Pedro, aos 13'/2°T) e Rômulo. Técnico: James Freitas.

PARANÁ: Gabriel Leite; André Krobel, Franklin, Luan e Juninho; Moisés Gaúcho, Vinícius Kiss, Gabriel Correia (Luís Felipe, aos 0'/2°T) (Édson Baiano, aos 34'/2°T), Brener (Talysson Lalau, aos 12'/2°T) e Everton Brito; Pablo Thomaz (Ruan, aos 40'/2°T). Técnico: Jorge Ferreira.

Últimas