Clube que quer Dudu negou David Silva e ainda não gastou nesta janela

Al Duhail publicou nota oficial para negar interesse no meia do Manchester City, mas se cala sobre jogador do Palmeiras, que seria seu primeiro gasto para a próxima temporada

Lance

Lance

Lance

Se atualmente é notícia a respeito da proposta de 13 milhões de euros (R$ 78,5 milhões) que falta ser formalizada ao Palmeiras por Dudu, o Al Duhail chamou ainda mais atenção há menos de um mês. Criou-se na mídia inglesa a expectativa de que o clube do Qatar faria um investimento "irrecusável" por David Silva, no Manchester City, mas o interesse foi negado em nota oficial. E a equipe continua sem gastar em reforços para a próxima temporada.

Em 9 de junho, em seu site, o Al Duhail disse que são "incorretas" as notícias de que contrataria David Silva e sequer negociou com o espanhol, que fica sem contrato com o Manchester City no fim desta temporada. A nota esfriou os rumores surgidos na imprensa inglesa, que apontavam que o atual líder da liga nacional do Qatar faria um investimento que cobriria qualquer outra oferta para fazer do meia "o cara" no país da próxima Copa do Mundo, em 2022.

Na verdade, até o momento, o clube segue sem gastar para a próxima temporada. De acordo com o site Transfermarkt, a única contratação do Al Duhail nesta janela é Yousef Aymen, zagueiro de 21 anos de idade, com passagens pelas categorias de base da seleção do Qatar. O jogador estava no Qatar Sports Clube e chega sem custos.

A fraca movimentação, obviamente, tem a ver com a pandemia do coronavírus. Não só porque os campeonatos ainda não terminaram como em relação ao período para inscrições de quem vem do exterior - a Fifa permitiu que esse prazo comece no Qatar somente em agosto. Mas o atacante croata Mario Mandzukic, nome mais famoso do elenco do Al Duhail, saiu da Juventus para a equipe asiática também sem custos na transferência de clubes.

Dudu seria mais caro até do que outro do elenco que esteve na Copa do Mundo de 2018: em janeiro de 2019, o zagueiro marroquino Mehdi Benatia trocou a Juventus pelo Al Duhail por 8 milhões de euros (R$ 34 milhões, na época), em transação que pode chegar a 10 milhões de euros se ele bater metas. Abaixo do valor a ser oferecido por Dudu, e menor ainda do que os 15 milhões de euros (R$ 90,6 milhões) que seriam gastos se ele cumprir objetivos.

Assim, Dudu seria um astro em um time que vem dando resultado desde sua fundação, em 2009. Conquistou o acesso à elite do Qatar já na primeira temporada de vida e, depois disso, ganhou a liga nacional em 2011, 2012, 2014, 2015, 2017 e 2018. Venceu ainda a Copa do Qatar, em 2015 e 2018, a Copa Sheikh Jassim, em 2015 e 2016, e a Copa Emir, em 2016, 2018 e 2019.

A expectativa é de mais títulos em 2020. O clube ocupa a liderança da liga nacional, com quatro pontos de vantagem, faltando cinco rodadas para o final da competição - o torneio foi interrompido em março, por conta da pandemia do coronavírus, e tem volta programada para o final deste mês. Além disso, o Al Duhail está na fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia e é semifinalista da Copa Emir, campeonatos também paralisados.

Porém, falta formalizar o interesse em Dudu. O Palmeiras não pretende dificultar e foi frequentemente atualizado pelos agentes do jogador. Deve haver uma tentativa do Verdão de ampliar os valores, mas sem querer estender a negociação. Contudo, representantes do Al Duhail não têm a pressa que se imaginava. As informações vindas do Qatar são de que se estuda uma forma de parcelar o que será oferecido, e a comunicação oficial pode demorar.

Assim, Dudu voltou a trabalhar normalmente com os colegas. O próprio jogador pediu, e foi atendido, para treinar de manhã na Academia de Futebol na segunda e na terça-feira, tendo a tarde livre para lidar com problemas pessoais, como a possível mudança para o Qatar e, também, a acusação de agressão feita por Mallu Ohana, sua ex-mulher. O camisa 7 perdeu somente um dia de avaliações físicas, na semana passada, quando prestou depoimento.

A vida particular, inclusive, pode ser uma dificuldade na negociação. Os advogados de Mallu protocolaram pedido de retenção do passaporte do jogador. Por mais que seja considerado improvável a solicitação ser aceita, é um obstáculo que pode ser analisado pelo Al Duhail até formalizar a oferta.