Ciclista é atropelado durante prova em Guarulhos e escapa de tragédia

Vídeo compartilhado em redes sociais mostra momento em que o então líder da Volta de Guarulhos, Endrigo Rosa Pereira, é atingido por veículo em alta velocidade, no domingo

Lance

Lance

Lance

Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra o momento em que um veículo atropelou o ciclista Endrigo Rosa Pereira, da Indaiatuba Cycle Team, durante a Volta de Guarulhos, no domingo. O motorista furou a barreira que fechava a Avenida Paulo Faccini e acertou o brasileiro no joelho, além de destruir sua bicicleta. Por milésimos de segundo, o choque não pegou em cheio o atleta, que disputou os Jogos Pan-Americanos de Toronto-2015.

A previsão era de que os ciclistas percorressem 70km, mas apenas 52km foram considerados, já que o pelotão protestou contra a falta de segurança no evento. Com isso, Rodrigo de Melo, da Team Cycling Funvic, foi o vencedor. A segunda posição ficou com seu companheiro de equipe Victor Andrade Ferreira e a terceira foi para Lauro Chaman, da Seleção Regional Paulista-Penks.

A prova é organizada pela Associação Desportiva Facex. Seu organizador, Cláudio "Facex", disse ao "Olhar Olímpico" que a responsabilidade pelo acidente é do secretário de Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana de Guarulhos, Paulo Carvalho, que não fechou a via, conforme combinado.

– O secretário não deu importância para o evento e fez de tudo para sabotá-lo. Era para dar dez voltas no circuito de dois quilômetros. Quando ia entrar a sétima volta, o carro entrou. Antes tinha o cone lá, mesmo sem a viatura atravessada para fechar a rua, como deveria ser. Mas aí alguém tirou o cone – disse Cláudio.

Em nota, a prefeitura informou que "a volta ciclística não é organizada pela municipalidade e que apenas deu suporte estratégico para a realização do evento", ressaltando que "o isolamento da área deveria ser realizado pelos organizadores, com o apoio da administração".