Lance Chay destaca dificuldade da Série B em apresentação no Ceará

Chay destaca dificuldade da Série B em apresentação no Ceará

Sem espaço no Botafogo, jogador chega ao Vozão por empréstimo

Lance
Lance

Lance

Lance

Contratado por empréstimo junto ao Botafogo, o atacante Chay foi apresentado oficialmente nesta terça-feira (3) como reforço do Ceará. E, em uma de suas primeiras avaliações, ele alertou sobre o grau de dificuldade esperado na disputa da Série B do Brasileirão, já que o principal objetivo do clube em 2023 é retornar à elite do futebol nacional.

Pelas experiências em Botafogo e Cruzeiro, tendo sido campeão em ambas, a "fórmula" mais eficaz para obter sucesso no torneio é vencer os compromissos como mandante, mas sem deixar de conseguir pontos importantes fora de casa.

>Cristiano Ronaldo revela ter recebido propostas de clubes brasileiros

- Acho que é uma competição dura. Das duas que eu participei, a do ano passado, acho que foi a que eu vi que teve a maior diferença de rodadas. Já pelo Botafogo foi um pouco mais complicado, tinham boas equipes. Então é uma competição dura, bastante aguerrida, tem que lutar e batalhar bastante para conseguir cada ponto. É importante vencer em casa e ir pontuando fora. O fator casa tem que valer.

Mesmo sendo natural de Maceió (AL), Chay nunca teve a oportunidade de atuar em uma equipe da Região Nordeste, algo que teve sua importância destacada pelo atleta de 32 anos de idade:

- Eu sou alagoano, mas fui embora para o Rio de Janeiro muito cedo. Nunca joguei no futebol nordestino, é a primeira vez. Em relação às minhas funções, acho que no último terço do campo eu consigo ajudar. Venho para ajudar com a minha versatilidade. O que o Gustavo (Morínigo) decidir eu vou estar sempre empenhado para ajudar o Ceará da mesma forma.

Sobre a ordem de prioridades em relação aos torneios que o clube disputará (Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série B), o avante sabe da importância do acesso. Todavia, também frisou que isso não pode ser motivo para a equipe deixar de se colocar como postulante a todos os títulos em disputa:

- Os objetivos são claros. Temos duas competições pela frente (estadual e Nordestão) e eu vim ajudar a equipe do Ceará a estar brigando por títulos. O acesso eu acho que, pro Ceará, é o mais importante, e para mim também. Um time como o Ceará tem que estar na Série A, então o maior objetivo é esse, além de brigar por títulos em todas competições que disputarmos.

Últimas