Lance Ceará perde pênalti e Botafogo segura empate no Castelão

Ceará perde pênalti e Botafogo segura empate no Castelão

Time da casa joga melhor, Saulo faz grande defesa e o 0 a 0 fica barato para a equipe carioca pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro

Brasileirão 2018

Lance

Lance

Lance

Pelo pouco que o Botafogo jogou, ficou barato. No Castelão, em Fortaleza (CE), na noite desta segunda-feira, o goleiro Saulo fez uma grande defesa, o centroavante Arthur perdeu pênalti ainda no primeiro tempo e o empate em 0 a 0 foi o melhor que poderia ter ocorrido para o Glorioso. Com o resultado, o Vozão segue na zona de rebaixamento (com um jogo a menos) e o time de Zé Ricardo fica na 12ª posição.

Classificação e jogos

Volume e pênalti x lentidão
O Botafogo praticamente não fez o goleiro Everson trabalhar na primeira etapa. Com muita dificuldade para ir ao campo de ataque, o visitante ameaçou apenas uma vez, com Bochecha. Do outro lado, porém, o Ceará usava e abusava de Juninho Quixadá, que causava dores de cabeça a Carli e companhia. Envolvida, a defesa botafoguense cometeu pênalti por meio de Rodrigo Lindoso. O volante, apesar de experiente, cometeu falta de costas, de forma até desnecessária. Para a sorte dos cariocas, Arthur foi para a marca da cal, deslocou Saulo, mas o chute foi para fora.

Evolução botafoguense
Os comandados de Zé Ricardo, porém, deixaram a aparente apatia da primeira etapa no vestiário. O segundo tempo já começou com chances pela direita, pela esquerda e pelo centro. Era outra partida, equilibrada. Faltava o gol.

Gol, mas não valeu
Os times tinham espaços e chegavam perto do gol adversário com frequência. E quando o Glorioso buscava um contra-ataque, Luis Ricardo errou um passe e foi o Vozão quem teve nova possibilidade. Felipe Jonathan cruzou, Quixadá testou para o gol, mas o impedimento foi corretamente marcado.

Política do Santos, CR7 e Djokovic... Veja o resumo da segunda-feira

Grandes defesas
A escola botafoguense de goleiros mostrou sorte na hora do pênalti, mas muita competência quando Saulo se esticou todo para defender o cabeceio de Ricardo Bueno. Grande defesa do camisa 1. Na reta final, o Ceará pressionou ainda mais, só que a má pontaria impediu melhor resultado.

Tabela
Na próxima rodada, o Vozão visita o Palmeiras, no domingo, no Pacaembu. Já o Alvinegro Carioca vai receber o Bahia, no sábado, no Estádio Nilton Santos.

CEARÁ 0 X 0 BOTAFOGO

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 15 de outubro de 2018, às 20h
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Renda/Público: 29.394 pagantes (29.946 presentes) R$402.313,00
Cartão amarelo: Tiago Alves (CEA) Carli, Matheus Fernandes e Rodrigo Pimpão (BOT)

CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Eduardo Brock e Felipe Jonatan; Edinho e Richardson; Juninho Quixadá (Pedro Ken, 37'/2ºT) e Calyson; Arthur (Ricardo Bueno (25'/2ºT) e Felipe Azevedo (Ricardinho, 25'/2ºT) - Técnico: Lisca.

BOTAFOGO: Saulo, Luis Ricardo, Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes (Marcelo Benevenuto, Intervalo), Bochecha e Rodrigo Lindoso e Bochecha (Erik, 14'/2ºT); Luiz Fernando, Kieza e Rodrigo Pimpão - Técnico: Zé Ricardo.

Veja imagens de rodada decisiva do Brasileirão neste fim de semana

    Access log