Lance Carlos Eugênio Simon ironiza críticas de Alexandre Pássaro, do Vasco, à arbitragem: 'É novinho na parada'

Carlos Eugênio Simon ironiza críticas de Alexandre Pássaro, do Vasco, à arbitragem: 'É novinho na parada'

No programa Sportcenter, do grupo Disney, o ex-árbitro relembrou o falecido Eurico Miranda e sua autoridade: 'Ele batia na mesa e na mesma hora estava na CBF também'

Lance
Lance

Lance

Lance

O duelo entre Vasco e São Paulo foi cercado de polêmicas. Após a partida, o diretor executivo Alexandre Pássaro fez duras críticas ao árbitro Anderson Daronco, Daniel Bins - que estava no VAR - e Leonardo Gaciba, chefe da comissão de arbitragem. Porém, no programa Sportcenter, da Espn Brasil (Grupo Disney), o comentarista e ex-árbitro Carlos Eugênio Simon ironizou as declarações do diretor vascaíno.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro


- Eu sou do tempo de Eurico Miranda. O discurso era bem mais forte e contundente. Esse Alexandre (Pássaro) é novinho na parada. Café pequeno, novinho. Está ocupando espaço e dando o discurso dele. Com o Eurico Miranda, a pegada era outra - declarou o ex-árbitro e em seguida completou dizendo que Daronco acertou nos lances.

- Foram lances de interpretação, polêmicos. O Daronco é um dos principais árbitros do futebol brasileiro há um tempo. Na jogada do Miranda, o Daronco estava bem posicionado. Ele (Miranda) ganha o espaço e o braço é um movimento natural, não houve a infração. O Jabá dá uma valorizada, já que ele viu que estava dentro da área para cava a penalidade. Para mim não houve a penalidade máximo - completou.

Além disso, o comentarista relembrou o falecido dirigente Eurico Miranda e sua autoridade nos anos em que esteve à frente da presidência do Vasco. "Ele (Eurico) batia na mesa e na mesma hora estava na CBF também”. Além de Simon, estavam na discussão os jornalistas Bruno Vicari, e Eugênio Leal.

No jogo de quarta-feira, tanto a direção, quanto os diretores do Gigante da Colina criticaram o desempenho de Daronco, e pediram coerência. Nas redes sociais, imagens de lances polêmicos foram destacadas como a chegada de mais forte de Rodrigo Nestor, jogador do São Paulo, no paraguaio Matías Galarza. Em outro lance, o zagueiro Miranda soltou o braço no rosto do atacante Léo Jabá.

Na súmula, Anderson Daronco relatou que foi ofendido por alexandre Pássaro e que dois pneus do veículo que trouxe a comissão de arbitragem para o jogo foram esvaziados. Algo que aconteceu dentro das dependências do Estádio de São Januário, segundo o árbitro.
Série B

O Cruz-Maltino volta a campo neste sábado, às 19h30, contra o Vitória, no Barradão. A partida é válida pela décima sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com 22 pontos, o time busca uma arrancada para entrar de vez no G4 da competição nacional, que se aproxima do fim do primeiro turno.

Últimas