Lance Campello explica decisão do Vasco por não prorrogar férias dos atletas até 30 de abril

Campello explica decisão do Vasco por não prorrogar férias dos atletas até 30 de abril

Além do Cruz-Maltino, Flamengo e Botafogo também aguardam estudos realizados pela FFERJ para a retomada do Carioca no próximo mês

Lance
Lance

Lance

Lance

Na última terça-feira, a Comissão Nacional de Clubes anunciou que os clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro se reuniram e optaram por maioria pela prorrogação das férias dos atletas até o dia 30 de abril. No entanto, o Vasco - acompanhado por Flamengo e Botafogo -, preferiu aguardar o resultado de estudos para uma possível volta do Campeonato Carioca. Em participação no "Giro Esportivo", da "Rádio Tupi", o presidente Alexandre Campello explicou a decisão.

- A reunião foi boa. Na verdade, a pauta eram os direitos internacionais de transmissão, que evoluiu muito bem, tivemos avanço ao analisar as propostas. Acredito que com mais umas duas semanas a gente chegue a uma conclusão. No meio do caminho se falou do prolongamento das férias. A decisão de dar férias durante 20 dias foi tomada por unanimidade em uma reunião anterior. Não descartamos a possibilidade de estender as férias, mas gostaríamos primeiro de entender como a coisa vai caminhar - disse.

- Existe um trabalho feito pela Federação do Rio de Janeiro com um estudo e protocolos para serem apresentados às autoridades sanitárias para se retomar os treinamentos se entenderem que há segurança. Aí poderemos concluir o Carioca o quanto antes, volto a dizer, quando houver segurança. Até porque o prolongamento da paralisação traz um prejuízo grande para todos os clubes, mas maior para os menores, que tem menos capacidade de absorver isso. Os atletas das equipes chamadas pequenas só tem contrato até abril, então precisaria estender esse contrato. Isso pode trazer um prejuízo muito grande, podendo até se tornar impossível que eles consigam concluir o Estadual. Então preferimos aguardar um pouco mais para tomar a decisão, entender o que está acontecendo na FFERJ - completou.

Na última segunda-feira, a Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj) e representantes dos departamentos médicos de diversos clubes para debater a elaboração de um protocolo de saúde para a retomada das atividades, somente quando liberadas pelas autoridades. A ideia é criar procedimentos seguros para todos os envolvidos no futebol. Assim, haveria uma padronização para as atividades, como treinos e jogos. Este é o estudo aguardado por Campello.

O objetivo das novas férias aos atletas, segundo a nota, é de preservar o calendário do futebol brasileiro e todas as suas competições, como os Estaduais, Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

Campello já havia manifestado anteriormente a preocupação com a suspensão das atividades por um tempo prolongado. Atualmente, o período de férias no Vasco termina no próximo dia 20.

Últimas