Brasil termina na oitava posição no Mundial de nado artístico

Seleção Brasileira aumenta nota e fica em oitavo na final da prova combinada. Com isso, o time encerra participação em Gwangju, na Coreia do Sul

Lance

Lance

Lance

A Seleção Brasileira de nado artístico ficou em oitavo lugar na final da prova combinada do Mundial, disputado em Gwangju, na Coreia do Sul. A nota do time foi 83,6333, dois pontos acima das eliminatórias, quando ficou em nono lugar. O título foi conquistado pela Rússia, com 98,000, a prata ficou com a China, 96,5667, e o bronze com a Ucrânia, 94,5333.

O Brasil termina sua participação no nado artístico do Mundial. Foram dois sétimos lugares no dueto misto, a vaga na final da rotina combinada, o 17º lugar na rotina técnica do dueto com Luisa Borges e Maria Clara Coutinho, o 15º posto na rotina técnica e o 16º na livre por equipes.

O dueto misto do Brasil foi formado por Giovana Stephan e Renan Alcantara. Elas encerraram a participação com a sétima posição na final da rotina livre, com a nota 81,2333.

A medalha de ouro foi conquistada por Mayaa Gurbanberdieva e Aleksandr Maltsev, da Rússia, com 92,9667. A prata ficou com os italianos Giorgio Minisimi e Manila Flamini, com 91,8333. O bronze acabou com os japoneses Atsushi Abe e Yumi Adachi, com 90,400.