Lance Brasil conquista mais quatro medalhas no Mundial de tênis de mesa paralímpico

Brasil conquista mais quatro medalhas no Mundial de tênis de mesa paralímpico

Paulo Salmin e Lucas Arabian garantiram o bronze; Sophia Kelmer e Cátia Oliveira também asseguraram lugar no pódio

Lance
Lance

Lance

Lance

O Brasil segue com bom desempenho no Campeonato Mundial de tênis de mesa paralímpíco, disputado em Granada, na Espanha. Nesta quinta-feira, Lucas Arabian (Classe 5) e Paulo Salmin (Classe 7), levaram o bronze no Granada City Sports Hall. Já Sophia Kelmer e Cátia Oliveira, com o bronze já assegurado, disputam vaga na final pelo ouro.

+ Adriana Behar, ex-jogadora de vôlei de praia, não é mais CEO da CBV

Na sexta-feira, Sophia e Cátia, das Classes 7 e 2, respectivamente, duelam nas semifinais da competição em busca de aumentar a colocação.

- Sinto que a minha vida toda eu me preparei para este momento e, com catorze anos já estou numa semifinal de Campeonato Mundial de tênis de mesa paralímpico. É um feito sensacional - declarou Sophia Kelmer.

A atleta foi à mesa por duas vezes nesta quinta-feira: pela manhã, para venceu Lucie Hautiere, da França, por 3 sets a 0 (11/5, 11/7 e 11/4) - pelas oitavas de final. Já no fim da tarde, eliminou nas quartas a Suwarti Suwarti, da Indonésia, em uma disputa ferrenha de cinco sets (11/8, 7/11, 11/9, 10/12 e 11/5). A semifinal será contra a norueguesa Aida Dahlen e acontece às 12h (de Brasília) desta sexta-feira.

Já Cátia Oliveira conseguiu a vaga ao vencer a australiana Hayley Sands, nas quartas, em uma vitória sem muitas dificuldades por 3 sets a 0 (11/7, 11/1 e 11/8) e assegurou sua segunda medalha no torneio.

- Foi muito importante essa vitória. Eu estava tensa, travada e agora vou me soltar para ir atrás deste ouro - disse antes de completar.

- Estou muito feliz de, em mais um Campeonato Mundial, levar uma medalha individual para casa. Agora é descansar, analisar algumas coisas e amanhã tem mais - afirmou. Nesta sexta-feira, ela enfrenta italiana Giada Rossi, a partir das 12h, por uma vaga na decisão.

Paulo e Lucas são superados

Lucas Arabin enfrentou o turco Ali Ozturk na semifinal, pela Classe 5, mas foi derrotado por 3 a 2 (7/11, 6/11, 11/9, 11/6 e 8/11). Paulo Salmin caiu diante do britânico William Bayley, por 3 a 0 (11/4, 11/7 e 11/7), pela Classe 7. Ambos garantiram o bronze.

Até agora, o Brasil soma quatro medalhas no Campeonato Mundial de tênis de mesa paralímpico - que se encerra no próximo sábado (12). Bruna Alexandre e Paulo Salmin foram ouro na dupla mista, Cátia Oliveira e Marliane Santos bronze na dupla feminina, enquanto Lucas Arabian e Paulo Salmin garimparam o bronze no individual.

Últimas