Lance Becker: 'A final de Wimbledon foi uma troca de guarda'

Becker: 'A final de Wimbledon foi uma troca de guarda'

Ex-número 1 do mundo afirma que Alcaraz finalmente se apresentou ao mundo

Lance
Lance

Lance

Lance

O ex-número 1 do mundo e ex-treinador do sérvio Novak Djokovic, o alemão Boris Becker concedeu uma entrevista aos canais Eurosports e falou sobre o confonto final que decidiu o título de Wimbledon e macou, segundo ele, a real chegada de Carlos Alcaraz ao topo do tênis.

“Para mim, este torneio é uma troca de guarda. Realmente, vejo como uma final que ficará para a história do tênis, uma daquelas partidas que continuaremos a falar dez anos depois. Do ponto de vista esportivo, este foi o dia em que Carlos Alcaraz atingiu a maioridade, razão pela qual vimos tantos elogios nas últimas horas. Por quê? Porque ele fez contra quem fez, um dos tenistas mais vitoriosos de todos os tempos, não era qualquer um”, declarou.

Para Becker, mesmo já tendo vencido um Slam, a vitória de Alcaraz em Wimbledon sobre Djokovic é a confirmação de Alcaraz: "É verdade que no ano passado ele já havia vencido o US Open contra Casper Ruud, ele até se tornou o número 1 do mundo na época, embora antes do torneio já mostrasse que era o melhor há algum tempo. No final das contas, o que você precisa fazer é provar isso em uma final de Grand Slam enfrentando o melhor, que é Djokovic e ele mostrou isso".

Perguntado se Alcaraz é o novo 'rei' do esporte, Becker pontuou: "Quem pode tomar o centro do mundo? Bem, acho que todos pensamos no mesmo nome e já o mencionamos várias vezes. Carlos Alcaraz levou, acho que o mundo inteiro agradece por termos visto um jogador tão jovem da Espanha, tão legal, refrescante e com aquele aspecto inocente. É um jogador que faz tudo como se fosse a coisa mais natural do mundo”.

Últimas