Lance Banco de Sangue promove campanha com torcedores do Flamengo para elevar estoques

Banco de Sangue promove campanha com torcedores do Flamengo para elevar estoques

Mobilização nomeada de 'Raça, Amor e Sangue' acontece de 10 a 20 de fevereiro e convoca torcedores do Rubro-Negro e simpatizantes do futebol

Lance
Lance

Lance

Lance

O Banco de Sangue Serum entra em campo com a "Campanha Raça, Amor e Sangue", entre 10 e 20 de fevereiro, com torcida rubro-negra do Clube de Regatas do Flamengo, que nesta 11º edição lança o tema "Doador, eu sempre hei de ser".

+ Veja a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

A expectativa é receber uma média de 100 doações diárias ao longo da campanha e assim contribuir para o equilíbrio dos estoques sanguíneos que continuam em baixa. Desde o início do ano o Banco de Sangue vem operando com apenas 35% da sua capacidade o que pode comprometer os atendimentos emergenciais.

- Contamos com a colaboração da população, principalmente dos campeões nas quadras, no campo e na solidariedade, como a torcida do Flamengo. Precisamos de todos os tipos sanguíneos no momento, portanto, todos são bem-vindos - afirma Rodrigo Moreira, líder de captação do Banco de Sangue Serum.

Os rubro-negros poderão ajudar indo na Rua Riachuelo, número 43, Centro, no Rio de Janeiro, e terão mais informações nos contatos (21) 3233-5950 e (21) 97231-4651. As salas serão dentro do Hospital da Ordem do Carmo, no 3º andar. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, 8h às 17h, e sábados 8h às 16h.

Primeiros doadores serão homenageados com uma camiseta exclusiva da campanha
O Banco de Sangue Serum segue rigorosamente todos os protocolos contra a Covid-19 e mantém boas práticas preventivas para o enfrentamento ao coronavírus.

A unidade atende mais de 80 hospitais entre públicos e privados na região Central do Rio de Janeiro, Baixada Fluminense, Niterói e São Gonçalo. O Banco de Sangue Serum está localizado no Centro, Rua Riachuelo, 43, próximo aos arcos da Lapa.

Requisitos básicos para doação de sangue:
• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);

• Estar em boas condições de saúde;

• Pesar no mínimo 50 kg;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;

• Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;

• Não ter diabetes em uso de insulina;

• Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o coronavírus:
• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;

• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 30 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;

• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 30 dias após o último contato com essas pessoas;

• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

Últimas