Bahia cresce de produção após revés na Copa do Brasil

Após período complicado e repleto de cobranças, o Tricolor venceu cinco jogos e avançou na Sul-Americana e Copa do Nordeste

Lance

Lance

Lance

Um dos times mais fortes do nordeste é o Bahia. Em claro processo de evolução dentro de fora de campo, o Tricolor tem se consolidado como uma das principais forças da região e começa a brigar por vôos mais altos no cenário nacional.

Comandado por Roger Machado desde abril de 2019, o time entrou nesta temporada cercado de favoritismo, mas passou por um momento complicado quando foi eliminado de maneira precoce da Copa do Brasil, o que levantou dúvidas sobre a continuidade da comissão técnica.

Para ajudar ainda mais os críticos do trabalho de Roger, um revés inesperado no Ba-Vi aumentou a pressão e o time precisou dar a resposta dentro de campo para evitar o pior.

Consciente que precisava mexer com os brios do grupo, o treinador chacoalhou o elenco e cobrou dentro do vestiário uma mudança de postura, que se refletiu dentro das quatro linhas de maneira imediata.

Nos seis jogos que disputou após o período mais turbulento, o Bahia somou cinco triunfos e um empate. O resultado foi a classificação para a Segunda Fase da Copa Sul-Americana e quartas de final da Copa do Nordeste.

Confira abaixo o desempenho do time:

Bahia 3 x 0 Nacional-PAR (Sul-Americana)
Ceará 2 x 2 Bahia
CSA 0 x 2 Bahia
Nacional-PAR 1 x 3 Bahia (Sul-Americana)
Bahia 1 x 0 Confiança
América-RN 0 x 2 Bahia