Lance Atlético-MG joga mal, leva virada da Caldense e sofre primeira derrota

Atlético-MG joga mal, leva virada da Caldense e sofre primeira derrota

Time alvinegro apresentou fraco futebol e acabou derrotado pela Veterana, que chegou à terceira posição na classificação

Lance
  • Lance | por Lance

O Atlético-MG foi surpreendido e saiu derrotado por 2 a 1 para a Caldense, nesta quinta-feira, 1º de abril, no Ronaldão, pela sexta rodada do Campeonato Mineiro. O time de Poços de Caldas saiu perdendo com o gol de Keno e virou a partida, marcando com Gabriel Tonini e Verrone.

Com o resultado, a Veterana chegou aos 11 pontos, se consolidando na terceira posição, com 11 pontos. O Galo segue líder, com 15 pontos, mesma pontuação do América-MG, mas supera o Coelho no saldo de gols.



Um dado da Caldense merece ser destacado: venceu os três times de BH. Superou o Coelho a Raposa e agora o Galo, mostrando que está firme na luta por uma vaga nas semifinais do Estadual.

Quanto ao Atlético, foi uma jornada sem inspiração no ataque e quando pegou o primeiro time mais organizado no ano, mostrou que Cuca ainda terá de fazer muitos ajustes. Peças como Hulk, Vargas e Nacho não renderam o esperado.

Nacho deu assistência no jogo

Nacho deu assistência no jogo

Divulgação/Atlético-MG

A qualidade individual decidiu o primeiro tempo

O Galo não vinha fazendo uma boa apresentação diante da Veterana, que é uma equipe bem treinada e briga pelo G4 no Estadual. Mas, o alvinegro possui atletas mais decisivos e Keno fez 1 a 0 após cobrança de falta de Nacho Fernández. O argentino deu sua segunda assistência em dois jogos pelo Atlético.

Caldense reage rápido

De forma merecida, o time de Poços de Caldas chegou ao empate logo no início do segundo tempo com Verrone, após falha da defesa atleticana. A Caldense voltou ao jogo, com justiça, pois tinha maior volume de jogo que o Galo.

Cuca muda o ataque, mas faltou inspiração para o alvinegro

A parte ofensiva do Galo não estava em uma tarde-noite feliz. Poucas chances criadas e sem um bom trabalho entre o meio de campo e o ataque. Cuca colocou Sasha e Marrony, mas pouco mudou na prática. Até o zagueiro Igor Rabello virou atacante no Atlético.

Virada da Caldense, com méritos

Merecidamente, o time de Poços colocou seu melhor jogo em campo e conseguiu a virada com Gabriel Tonini em cima de um Atlético apático, sem força nos três setores do campo.

Veterana faz a trinca da capital

O time de Poços venceu Cruzeiro, América-MG e agora o Galo, se consolidando na briga por uma vaga nas semifinais do Estadual.

Galo tem de evoluir

A derrota não tira os méritos conquistados até o momento. Mas, demonstra que o time não está pronto totalmente para os compromissos maiores, como a Libertadores e o Brasileirão.

Próximos jogos

O Galo fará o clássico contra o América-MG no domingo, 4 de abril, às 16h, no Mineirão. Já a Veterana encara o Pouso Alegre, também no domingo, fora de casa, às 15h, no Manduzão.

CALDENSE 2 X 1 ATLÉTICO-MG
Data
: 1º de abril de 2021
Horário: 17h30 (de Brasília)
Local: Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG)
Árbitro: Paulo César Zanovelli
Assistentes: Marconi Helbert Vieira e Samuel Soares Silva
Cartões amarelos: Rafael Peixoto(CAL), Gabriel(ATL), Vargas (ATL), Guilherme Pessoa(CAL), Igor Rabello (ATL)
Gols: Keno, aos 22’-2ºT(0-1), Verrone, aos 4’-2ºT(1-1), Gabriel Tonini, aos 36’-2ºT(2-1)

CALDENSE (Técnico: Marcus Grippi)

Passarelli; Danilo Belão, Guilherme Martins, Jonathan e Verrone; Lucas Silva e Gabriel Tonini; Rafael Peixoto(Dênis, aos 35’-2ºT), David Lazari(Wagner, aos 47’-2ºT); Bruno Oliveira e Amarildo (Tevez, aos 47’-2ºT)

ATLÉTICO-MG (Técnico: Cuca)

Everson, Mariano(Igor Rabello, aos 39’-2ºT), Gabriel, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Zaracho(Hyoran, aos 14’-2ºT) e Nacho Fernández; Hulk(Sasha, aos 29’-2ºT), Keno (Marrony, aos 29’-2ºT) e Vargas (Savarino, aos 14’-2ºT).

Abel volta ao Brasil em avião de R$ 330 mi de parceira do Palmeiras

Últimas