Lance Associação Internacional de Surfe ameaça excluir atletas das olimpíadas que não participarem do ISA Games

Associação Internacional de Surfe ameaça excluir atletas das olimpíadas que não participarem do ISA Games

A organização enviou um documento às confederações nacionais, alertando que os surfistas só poderão se ausentar do pré-...

Lance
Lance

Lance

Lance

A Associação Internacional de Surfe enviou um documento nesta quarta-feira (20), às confederações nacionais. Segundo o site "Duke Surfe", o comunicado ressaltava a obrigatoriedade dos principais atletas disputarem o ISA Games. O evento é classificatório para as Olimpíadas, será realizado entre os dias 22 de fevereiro e 2 de março em Porto Rico.

No ofício, a entidade lembra que as dispensas só serão aceitas mediantes a apresentação de atestado médico comprovando lesão. Caso a norma não seja aceita ou obedecida, tantos os surfistas quanto os países podem ser punidos com a desclassificação de Paris 2024.

+Surfe: WSL confirma calendário com mudanças para 2024

+ Filipe Toledo fala sobre possibilidade de igualar Gabriel Medina: ‘Seria incrível’

Fernando Aguerre, presidente do ISA, declarou que tomaram medidas necessárias para ajustar os requisitos.

- Depois de consultar os nossos assessores jurídicos, tomamos as medidas necessárias para ajustar os requisitos, exigindo que os atletas do CT passem por avaliação médica caso o atleta pretenda desistir antes do final da competição por qualquer motivo. Se não houver justificativa médica legítima, o surfista em questão perderá a elegibilidade olímpica. A renúncia legal do atleta, que é assinada por todos os atletas participantes dos nossos World Surfing Games, também foi modificada de acordo com os requisitos -

+Filipe Toledo coloca o Brasil no top-3: veja os países com mais títulos mundiais de surfe

- Quero chamar a atenção para a inclusão do termo "boa fé", em referência à participação dos surfistas no World Surfing Games do próximo ano. Estaremos observando o desempenho dos atletas no WSG e nos reservamos o direito de aplicar a política disciplinar da ISA relacionada à conduta antidesportiva, de acordo os regulamentos da ISA, que se refere à perda intencional ou ao mau desempenho em uma bateria. Convidamos os membros e surfistas a se familiarizarem com estas regras - completou.

+ Jogos Olímpicos de Paris: a um ano para o início, cerimônia de abertura é a grande preocupação

O Brasil tem dois representantes classificados para Paris 2024 até o momento, conseguiram as vagas pelo ranking da WSL deste ano. Filipe Toledo e João Chianca, no masculino; Tatiana Weston-Webb, no feminino. Gabriel Medina e Ítalo Ferreira estão disputando por uma terceira vaga olímpica e estarão no ISA GAMES 2024.

+O Lance! de volta às bancas! Seja uma das 100 pessoas a ganhar a revista pôster do campeão da Copa do Brasil

Últimas