Lance Às vésperas de jogo decisivo, Vasco paga parte das pendências ao elenco e um mês aos colaboradores

Às vésperas de jogo decisivo, Vasco paga parte das pendências ao elenco e um mês aos colaboradores

Direção cruz-maltina negocia diferentes acertos com jogadores do elenco um dia antes do jogo contra a Tombense. Os seis reforços da temporada estão com os salários em dia

Lance
Lance

Lance

Lance

O Vasco volta a campo nesta quarta para o duelo contra a Tombense (MG), pela segunda fase da Copa do Brasil. Antes disso, o elenco recebeu uma ótima notícia nesta terça-feira. O clube quitou determinadas pendências com alguns jogadores e colaboradores. Com isso, alguns atletas receberam as folhas de dezembro, janeiro e o 13º de 2020. A informação foi inicialmente divulgada pelo portal "Ge".

> Confira a classificação do Campeonato Carioca


Por outro lado, o clube ainda deve a folha de fevereiro e o mês de março venceu no último dia 5, porém o acordo verbal entre ambas as partes determina que o vencimento só acontecerá no dia 20 de cada mês. Dessa forma, a direção regularizou de maneira antecipada as situações dos seis reforços: Ernando, Zeca, Marquinhos Gabriel, Morato, Léo Jabá e Vanderlei.

A direção cruz-maltina negociou diferentes acertos com jogadores do elenco Alguns atletas receberam o 13º de 2020, dezembro e janeiro. Outro grupo, por sua vez, teve as folhas de fevereiro e março quitadas, e renegociou dívidas referentes ao 13º, dezembro e janeiro. Vale destacar que o clube efetuou o pagamento da primeira parcela dos acordos com dois jogadores emprestados: Fernando Miguel, atualmente no Atlético-GO, e Yago Pikachu, no Fortaleza.

> Confira mais notícias sobre o Vasco da Gama

Além disso, o Vasco realizou o pagamento de um mês de salário dos funcionários. Sendo assim, o Cruz-Maltino ainda deve a folha de fevereiro aos colaboradores, e março segue o acordo verbal entre ambas as partes com vencimento no próximo dia 20.

A novidade acontece às vésperas de uma partida tão importante na temporada, que vale uma vaga na terceira fase da competição nacional e uma boa quantia aos cofres do clube. Jorge Salgado pagou entre quatro e cinco folhas (dependendo da situação de cada atleta) desde que foi empossado como presidente no dia 25 de janeiro.

Últimas