Após sequência no Palmeiras, Menino homenageia departamento de base

Meio-campista virou titular com Vanderlei Luxemburgo e foi na segunda-feira entregar uma camisa autografada a João Paulo Sampaio, coordenador da base palmeirense

Lance

Lance

Lance

Uma das surpresas deste início de 2020 no Palmeiras, Gabriel Menino prestou uma homenagem ao Centro de Formação de Atletas (CFA) do clube. Na segunda-feira, o meio-campista entregou a João Paulo Sampaio, coordenador da base alviverde, uma camisa autografada que usou na Florida Cup, sua competição de estreia no profissional.

- Quis ir entregar a camisa como forma de agradecimento, pois muitas pessoas da base me ajudaram desde a minha chegada e fazem parte dessa realização que estou começando a viver como atleta profissional. Foi uma pequena maneira que encontrei para agradecer desde os diretores, companheiros, comissões técnicas e funcionários por tudo que está acontecendo comigo - disse Menino.

Na camisa, o meio-campista de 19 anos de idade escreveu a seguinte mensagem: "aos funcionários do CFA, meu agradecimento por todos esses anos de auxílio".

Gabriel Menino foi captado pelo Verdão em 2017, após iniciar sua trajetória no Guarani. Na base palmeirense, venceu torneios como a Copa do Brasil sub-17, o Paulista e o Brasileiro sub-20. Frequentemente convocado para a Seleção Brasileira, o volante tem como arma o fato de ser ambidestro.

Promovido ao profissional para a temporada de 2020, o camisa 48 foi reserva na estreia da Florida Cup, contra o Atlético Nacional (COL), mas entrou no segundo tempo e já chamou a atenção. Do jogo contra o New York City (EUA) em diante, tornou-se titular, e também teve boa atuação em seu primeiro clássico, domingo, no empate em 0 a 0 com o São Paulo.