Apesar dos 10 pontos de diferença, Deyverson ainda acredita no título

Atacante reconhece que a distância para o Flamengo é grande, mas confia no elenco palmeirense. Jogador revela motivo da comemoração contida

Lance

Lance

Lance

Neste domingo, o Palmeiras foi até Curitiba e empatou com o Athletico-PR, por 1 a 1, pelo Brasileiro, e viu a distância para o líder Flamengo aumentar para 10 pontos. O gol do alviverde foi marcado por Deyverson. Na saída do campo, o atacante reconheceu o esforço do time durante os 90 minutos e que a distância para o rubro-negro é grande, mas afirmou que ainda acredita no título.

Veja a tabela do Brasileiro e simule os resultados

- Realmente, sabíamos que jogar aqui é complicado. O time deles é qualificado. Nós demos o máximo, até o último suor e, infelizmente, a vitória não veio. A distância de 10 pontos é muita coisa, mas a gente acredita pela equipe que tem. O Flamengo tem um elenco qualificado. Futebol muda do dia para a noite. Temos que continuar focados. Vamos nos esforçar para alcançá-los.

Após empatar a partida, Deyverson chamou a atenção por uma comemoração discreta. O jogador revelou que optou por se conter depois do gol devido ao seu desempenho na temporada.

- Eu não passei uma fase muito boa. A minha comemoração foi por causa do momento que passei. Sou homem para admitir que não estava fazendo bons jogos. O torcedor cobra porque é apaixonado. Eu vivo uma relação de amor e ódio com eles. São eles que me apoiam e me criticam. Mas eu sou muito grato porque eles nunca me abandonaram. Agradeço a Deus e sigo trabalhando forte, sem abaixar a cabeça.

O empate levou o Palmeiras, vice-líder do Brasileiro, aos 54 pontos. Na próxima rodada, a equipe paulista vai até Florianópolis, enfrentar o Avaí, na Ressacada.