Lance Algoz de Federer, Basilashvili ergue o título em Doha e se surpeeende

Algoz de Federer, Basilashvili ergue o título em Doha e se surpeeende

Tenista tinha 11 derrotas seguidas até o fim de 2020

Lance
Lance

Lance

Lance

O tenista georgiano Nikoloz Basilashvili, 42o. do mundo, completou sua semana dos sonhos neste sábado conquistando o título do ATP 250 de Doha, no Qatar, torneio sobre o piso duro com premiação de US$ 1 milhão.

Basilashvili, que derrotou Roger Federer salvando matchpoint nas quartas de final, superou o quinto favorito, o espanhol Roberto Bautista Agut, 13 do ranking, por 7/6 (7/5) 6/2 e ergue seu quarto troféu na carreira. Ele tem duas conquistas no ATP 500 de Hamburgo.

O tenista vinha de má fase em 2020 onde foi acusado e chegou a ser preso por agressão física à ex-mulher e engatou uma sequência negativa de resultados. Até antes de Doha vinha com poucas vitórias e de pouca expressão.

Bautista tinha nove vitórias seguidas no torneio que venceu em 2019 e vinha de bater o austríaco Dominic Thiem, quarto do mundo, e Andrey Rublev, oitavo.

"De alguma forma joguei bem em condições difíceis nas partidas mais difíceis. Esse torneio estava um dos ATPs 250 mais duros que já vi provavelmente. Com três top 10. Foi interessante me perguntar porque eu estava jogando bem essas grandes partidas e grandes jogos. Foi surpreendente. Ao mesmo tempo estou feliz", disse o jogador que ergue seu quarto caneco.

"Estou muito feliz. Não esperava por isso, mas ao mesmo tempo venho trabalhando muito duro. Me senti bem em quadra. Na segunda parte do ano passado joguei com muito estresse no corpo, não fui capaz de colocar 100$ em quadra em nenhuma partida. Essa semana, de alguma forma achei a maneira de lidar com os momentos estressantes. Estou muito feliz pelo título".

Últimas