Lance Alcaraz inicia pré-temporada de 35 dias

Alcaraz inicia pré-temporada de 35 dias

Espanhol terá exibições no meio do caminho até o Australian Open

Lance

Depois do final de ano abaixo da crítica para seus padrões, Carlos Alcaraz já iniciou sua pré-temporada visando o ano de 2024 com o foco no Australian Open, que começa no dia 14 de janeiro.

Antes disso, ele terá exibição no dia 27 de dezembro em Riad, na Arábia Saudita e no dia 28 em Murcia, na Espanha, além de dois jogos em Melbourne nos dias 10 e 12 de janeiro.

"Na quinta-feira já mandamos para ele alguns trabalhos de isometria e corrida para que seu corpo comece a se adaptar ao que está por vir. Sabemos que ele fez coisas nas férias, que brincou e se divertiu", diz Lledó.

O fim de semana continuará com aquele programa de readaptação. A partir daí começa um contra-relógio com duas partes bem distintas: duas semanas e meia de treinamento físico e outras tantas na quadra.

De 11 a 24 de dezembro, o foco do treinamento será o volume. “A semana de 18 a 24 será a mais complicada e a mais difícil para ele porque o tênis e a preparação física serão mistos. A partir do dia 25 a prioridade é a raquete. direção...", diz seu treinador.

A comunicação com Juan Carlos Ferrero, treinador do Alcaraz, é completa: “Embora esteja de férias, já falámos duas ou três vezes.


O campeão dos dois majores fará análise nesta segunda-feira em Múrcia e depois terá exercícios de força programados combinados com fartlek de 40 minutos. Seus dias não serão inferiores a quatro horas.

Na quarta-feira ele fará um teste de estresse para descobrir seus limiares e como está seu coração. Depois ele visita seu podólogo Carles Ruiz.

“É fundamental controlar a saúde do Carlos para que não nos falte nada. Qualquer trabalho que se faça envolve a prevenção de lesões, necessidade para o ano inteiro", continua Lledó. “Ao jogar tênis você não perde o nível cardiovascular, mas perde a força, então tem que trabalhar dia após dia, até na competição em si, mesmo que seja no aquecimento.”

Neste aspecto, a presença da polia cônica excêntrica e posteriormente das cargas são essenciais para melhorar a força-velocidade.

A comissão técnica do Alcaraz gosta que o tenista se absorva na natureza. É por isso que existem algumas sessões que são excursões de mountain bike. “Vai depender também de como o seu corpo suporta as cargas”, afirma Alberto.

Um dos dias mais importantes para todos os tenistas da Ferrero Tennis Academy é a ceia de Natal.

O almoço é precedido por um jogo de futebol entre jogadores e treinadores em que há sempre discussões e polémicas a serem trazidas à mesa. “Nesse dia Carlos fará um pouco de treino físico e tênis e depois a partida”, acrescenta Lledó, que costuma viajar em momentos-chave do calendário quando há passeios longos.

Na semana que antecede o Open da Austrália, Alcaraz vai reduzir completamente a sua carga física para se concentrar nas exibições que antecedem a grande dos Antípodas.

Últimas