Lance Abel fala em Endrick preparado para ajudar o Palmeiras e evita 'secar' concorrente ao título brasileiro

Abel fala em Endrick preparado para ajudar o Palmeiras e evita 'secar' concorrente ao título brasileiro

Técnico elogiou a entrada do garoto de 16 anos, que deu a virada ao Verdão sobre o Athletico-PR na Arena da Baixada

Lance
Lance

Lance

Lance

A vitória do Palmeiras sobre o Athletico-PR por 3 a 1 teve gosto de título e de história quando Endrick, aposta de Abel para o segundo tempo, entrou e resolveu a parada com um dos gols. Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador fez questão de parabenizar a joia palmeirense.

> ATUAÇÕES: Endrick brilha e se torna o jogador mais jovem a marcar na história do Palmeiras

- É só seguir o plano. Nós desenhamos vários cenários no jogo e trabalhamos com o Endrick há uns dois meses, por aí. Sempre foi dito que seria tudo no tempo de Deus. Ele entrou muito bem. Quando temos vontade e qualidade os resultados aparecem. Parabéns ao Endrick e parabéns ao nosso time por como lhe recebeu - disse o português.

Abel ainda revelou parte de uma conversa particular com o zagueiro Gustavo Gómez nos vestiários da Arena da Baixada. O diálogo valorizava o elenco palmeirense e a preparação de Endrick até chegar ao gol contra um time difícil de se jogar contra.

> Veja a tabela completa e simulador do Brasileirão!

- Vocês não viram, mas o Gómez veio me falar umas palavras no vestiário… Fica entre nós, mas ele chegou a dizer coisas relacionadas ao preparo que o Endrick tem aqui para os grandes jogos. Ele treina com quatro grandes zagueiros: Gómez, Kuscevic, Murilo e Luan. Nenhum deles lhe dá descanso. É por trabalhar com os grandes que ele está preparado - revelou.

Com o bom resultado, o Palmeiras chegou aos 74 pontos e agora espera um tropeço do Internacional nesta quarta-feira para fechar o Brasileirão com o título consagrado. Ao falar sobre o concorrente direto, o português preferiu evitar “secá-lo” e foi direto ao endossar a responsabilidade palmeirense.

- Naquilo que depende de nós, nos falta mais uma vitória. O resto é tudo no tempo de Deus. A minha preocupação não é que eles percam. A minha preocupação é que joguem e se forem melhores que seus adversários, que ganhem. Sem problema nenhum. Dentro daquilo que nós controlamos, queremos ganhar o jogo seguinte. Vamos pelo título - concluiu.

Últimas