Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Penalidade Máxima: STJD convoca Alef Manga, Nathan e mais oito atletas para prestar depoimento

Tribunal esportivo vai ouvir dez jogadores envolvidos em esquema de manipulação de jogos do Brasileirão e Estaduais de 2022

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Alef Manga (foto), Nathan e Richard são alguns dos principais nomes chamados a depor
Alef Manga (foto), Nathan e Richard são alguns dos principais nomes chamados a depor

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) convocou, na noite desta quinta-feira (28), dez jogadores que são alvo da Operação Penalidade Máxima. Os atletas vão prestar depoimento no dia 8 de agosto, em processo referente à segunda fase da operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPGO (Ministério Público de Goiás), em parceria com o STJD. 

Os jogadores convocados têm seu nome envolvido no escândalo da máfia das apostas, que manipulou partidas das Séries A e B do Campeonato Brasileiro de 2022, além de jogos do Paulistão 2023 e de outros campeonatos estaduais ao redor do Brasil. 

Ao todo, dez atletas deverão se apresentar ao STJD. Vitor Mendes, do Fluminense, Nino Paraíba, do Paysandu (ex-Ceará), Pedrinho (ex-Athletico-PR), do Shakhtar, Richard (ex-Ceará), hoje no Alanyaspor, Nathan, ex-jogador do Avaí, Manga, do Coritiba, Porfírio, ex-Coritiba, hoje no Desportivo Aliança (AL), Bryan Garcia (ex-Athletico), hoje no Independiente Del Valle, Belmonte, do América, que era do Goiás, e Nathan, ex-jogador do Fluminense e hoje do Grêmio.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Assim, a convocação desses atletas faz parte do pedido de abertura de investigação pelo procurador-geral do STJD, Ronaldo Piacente, em maio. Segundo a intimação, os dez jogadores devem “prestar esclarecimentos sobre dados importantes do inquérito“.

Publicidade

A Procuradoria, no entanto, não denunciou nenhum desses dez jogadores. Este processo no STJD não tem relação com a outra denúncia que ainda pode ser feita pelos procuradores na terceira fase da Operação Penalidade Máxima.

RÉUS

Na última quarta-feira (26), a Justiça de Goiânia transformou em réus Manga, Belmonte e Pedrinho, em outro desdobramento da investigação. Também viraram réus Igor Carius, do Sport, Trindade, ex-Coritiba, Sidcley, ex-Cuiabá, hoje no Dínamo Kiev, e Thonny Anderson, ex-Coritiba, do Bragantino, que estava emprestado ao ABC.

Conheça os jogadores citados na Máfia das Apostas e o que aconteceu com cada um

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.