Jogada 10 Filipe Luís agradece 'tarde mágica' e revela desejo de ser treinador: 'É meu próximo objetivo'

Filipe Luís agradece 'tarde mágica' e revela desejo de ser treinador: 'É meu próximo objetivo'

Lateral-esquerdo se aposentou neste domingo (3), depois da vitória contra o Cuiabá

Jogada 10
Filipe Luís revela sonho de se tornar treinador

Filipe Luís revela sonho de se tornar treinador

ALEXANDRE LOUREIRO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO - 03.12.2023

O lateral Filipe Luís teve uma tarde especial e inesquecível em sua vida. Aos 38 anos, o jogador decidiu encerrar a carreira e recebeu uma homenagem do Flamengo, com a exposição das taças que conquistou e muita festa.

Em campo, o atleta foi titular e se emocionou em diversos momentos, fazendo uma volta olímpica pelo estádio ao lado de Rodrigo Caio, que deixará o clube ano que vem e também foi homenageado. Depois da partida, o defensor resumiu como foram os últimos dias até a grande festa no Maracanã, contra o Cuiabá.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

"Eu não aguento mais chorar, esse é o meu sentimento. Esses últimos três dias foram incríveis. Os Diegos [Ribas e Alves] haviam me avisado que seria um momento especial, mas eu não sabia que era tanto. Conversei com o Fábio Santos ontem e falei 'bom dia, hoje você vai se aposentar. e estava ele e Renato Augusto chorando no quarto'. Não durmo tem dois dias. Momento muito especial, muitas mensagens, lembranças de treinadores, dirigentes, ex-companheiros", afirmou o lateral.

"Tenho muito orgulho do que vivi. Sou muito agradecido, foi uma tarde mágica. Temi muito por esses momentos, por não ter uma despedida assim. Eu queria sair do futebol com um capítulo fechado. Hoje fecho o livro, deito a cabeça no travesseiro em paz, e foi uma decisão certa e muito pensada. Tenho vontade de dar o próximo passo e começar em outra área", acrescentou.

Próxima etapa da carreira

Filipe revelou que sempre acreditou, desde que começou no Figueirense, de Santa Catarina, que encerraria a carreira no clube do coração, Flamengo. O jogador relembrou que sempre teve o apoio do pai e que pretende seguir no futebol, na carreira de treinador.

"Desculpe a falta de humildade, mas imaginei [terminar no Flamengo]. Sempre pensei que sim, que fosse chegar e seria um jogador importante. Meu pai desde pequeno falava 'você é especial, iluminado', e o cara começa a acreditar. Mesmo quando jogava mal, meu pai me apoiava e me ajudava muito. Realmente, acreditei que era iluminado e fui trabalhando", contou.

Filipe continuou dizendo que "uma das maiores virtudes da minha carreira é a regularidade e a consistência. Um jogo bom, todo mundo pode jogar, mas se manter no alto nível é difícil. Acho que o principal orgulho que tenho dessa carreira é passar pelos lugares e deixar uma marca".

"É meu próximo objetivo. Tenho esse sonho e estou estudando para isso. Preciso me preparar, mas não me vejo trabalhando em outro lugar que não seja no campo", revelou.

A tendência, porém, é que o jogador permaneça no Flamengo. Contudo, o clube ainda não definiu o cargo. Vale lembrar que o atleta possui a Licença B da CBF. Em dezembro, iniciará as aulas para a Licença A, podendo assim comandar clubes profissionais.

Siga o Jogada10 nas redes sociais:  Twitter ,  Instagram  e  Facebook .

Último jogo do Flamengo no Maracanã tem homenagens a Filipe Luís e Rodrigo Caio; veja

Últimas