Jogada 10 Esposa de Daniel Alves é acusada de ‘falso testemunho’ em julgamento

Esposa de Daniel Alves é acusada de ‘falso testemunho’ em julgamento

Joana Sanz deu versão no julgamento de Daniel Alves diferente do que falou a uma emissora de televisão, na época que o crime teria...

Jogada 10
Foto: Lluis Gene / AFP

Foto: Lluis Gene / AFP

Jogada 10

A esposa de Daniel Alves, a modelo Joana Sanz, foi acusada de falso testemunho no julgamento do marido, na última semana. Ela, no entanto, se pronunciou nas redes sociais e rebateu as acusações. A influenciadora, aliás, garantiu que vai tomar as medidas legais contra os meios de comunicação que levantaram essa hipótese.

Aliás, as acusações iniciaram por causa de uma entrevista que a modelo deu no início do caso. Afinal, quando foi entrevistada sobre toda a polêmica, há pouco mais de um ano, Sanz disse que não estava em Barcelona no dia 30 de dezembro de 2022 e, sim, em Tenerife, com a mãe, que estava doente na ocasião.

Todavia, no julgamento do jogador, Joana relatou em seu depoimento que estava em casa e viu Daniel chegar em casa de madrugada e bêbado. “Ele foi comer com seus amigos no restaurante. Passou o dia aí e voltou eram quase 4 da manhã. Voltou muito bêbado, uma pessoa com muito álcool. Bateu no armário e caiu na cama”, disse, em depoimento, Joana Sanz.

O argumento da defesa de Joana Sanz, no entanto, entende que o depoimento não tem contradição, tampouco falso testemunho. Afinal, há uma diferença entre uma entrevista em programa de televisão e um testemunho em tribunal.

O novo depoimento de Joana é explicado pela estratégia utilizada pela defesa do jogador. A ideia da advogada Inés Guardiola foi mostrar que Daniel estava embriagado e não tinha consciência dos seus atos.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas