Jogada 10 Com o Grupo City, Bahia tem 79% das dívidas quitadas

Com o Grupo City, Bahia tem 79% das dívidas quitadas

Foram pagos R$ 256.361 milhões em dívidas desde a venda de 90% da SAF do Bahia para o Grupo City

Jogada 10
Foto: Conselho Deliberativo do Bahia

Foto: Conselho Deliberativo do Bahia

Jogada 10

Além de mudar o patamar financeiro do Bahia no mercado de transferências, a venda de 90% da SAF ao Grupo City tem feito com que o Tricolor de Aço arrume a casa. Neste sentido, desde o início desta era, que começou em maio de 2023, o Conselho Deliberativo do Tricolor apontou que 79% dos débitos estão liquidados. Ou seja, R$ 256.361 milhões foram pagos.

Anteriormente, a dívida era de R$ 300.935 milhões. Com a quitação do valor citado anteriormente, caiu para R$ 68,232. Aliás, uma das promessas do Grupo City feitas na compra da SAF foi o pagamento total das dívidas. Na proposta, R$ 300 milhões seriam, exclusivamente, para lidar com essa demanda.

No total, o Grupo City se prontificou a investir R$ 1 bilhão no Tricolor de Aço no período de 15 anos. Além de quitar as dívidas, o valor abordará outros compromissos.

– Mínimo de R$ 500 milhões para a compra de jogadores;
– R$ 200 milhões para infraestrutura, categorias de base, capital de giro, entre outros (único item não obrigatório).

Bahia no mercado de transferências

Desde o início dessa parceria, o Grupo City já desembolsou cerca de R$ 150 milhões em reforços ao Bahia, sendo R$ 50 milhões apenas neste início de ano. É dessa forma, aliás, que o Bahia foi atrás de jogadores com grande mercado no Brasil, como Jean Lucas e Caio Alexandre. Além disso, a garantia de um projeto ambicioso mas, antes que tudo, responsável, faz com que atletas renomados aceitem o convite, como Everton Ribeiro.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Últimas