Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Com gol anulado, Fluminense empata diante do Cerro Porteño

Em Assunção, Fluminense chega a marcar com Arias, mas VAR invalida o lance; Tricolor se mantém invicto na Libertadores ao empatar com...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Divulgação/Cerro Porteño

Nesta quinta-feira (25), o Fluminense ficou em um empate sem gols com o Cerro Porteño, fora de casa, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. O resultado, em Assunção, faz o Tricolor chegar aos cinco pontos e manter sua invencibilidade na competição. A equipe das Laranjeiras permanece na liderança de um equilibrado Grupo A, um ponto à frente do próprio Cerro e do Colo-Colo.

Primeiro tempo

A partida começou bastante truncada, mas com mais posse de bola do Fluminense. O Cerro Porteño até arriscou as primeiras finalizações, mas perigo mesmo foi o Fluminense que causou inicialmente. Cano, em chute de longe, obrigou o goleiro Jean a fazer uma boa defesa. Pouco depois, veio a resposta do Cerro, em chute de Piris da Motta, que passou perto da trave. Mas o grande susto do Tricolor foi mesmo a lesão de André: ele saiu com dores no joelho e com a suspeita de uma grave lesão, pouco antes do intervalo.

Segundo tempo

Publicidade

Após o intervalo, o domínio do jogo mudou de mãos e o Cerro Porteño passou a ser mais perigoso e eficiente que o Fluminense. Arzamendia teve duas oportunidades e uma delas parou em Fábio. Mas a melhor defesa do goleiro tricolor veio numa cabeçada de Piris da Motta, à queima-roupa, em que o goleiro salvou em cima da linha. O Flu só conseguiu ameaçar na segunda metade da etapa e chegou a marcar. Após um bate rebate na área, o colombiano Arias chutou de esquerda, a bola acertou o travessão e voltou na cabeça de Báez para entrar no gol, mas a arbitragem anulou o tento por alegado toque de mão do camisa 21 do Flu.

A jogada causou grande discussão e revolta por parte dos jogadores e comissão técnica do Fluminense. Mas o Tricolor não desistiu e seguiu atacando até o fim, parando numa sólida defesa paraguaia. Assim, o empate acabou se consolidando, mas longe de ser um mau resultado para o Flu.

Publicidade

CERRO PORTEÑO 0x0 FLUMINENSE

Copa Libertadores-2024 – 3ª rodada da Fase de Grupos
Data e horário: 25/04/2024, às 19h (de Brasília)
Local: Estádio La Nueva Olla, Assunção (PAR)
CERRO PORTEÑO: Jean; Benítez, Báez, Eduardo Brock e Arzamendia; Morel (Viera, 28’/1ºT), Piris da Motta, Domínguez (Carrascal, 31’/2ºT) e Iturbe (Aguayo, 22’/2ºT); Peralta (Carrizo, 30’/2ºT) e Churín (Edu, 21’/2ºT). Técnico: Manolo Giménez.
FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Manoel, Felipe Melo (Antônio Carlos, 20’/2ºT) e Marcelo (Diogo Barbosa, 39’/2ºT); André (Lima, 47’/1ºT), Martinelli e Ganso (Renato Augusto, 20’/2ºT); Marquinhos (Douglas Costa, 21’/2ºT), Cano e Arias. Técnico: Fernando Diniz.
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Assistentes: Nicolas Tarán (URU) e Carlos Barreiros (URU)
VAR: Leodán González (URU)
Cartões amarelos: Churín (CCP)
Gols: não houve

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.