Futebol Vítor Pereira já perdeu mais que seus últimos 5 antecessores

Vítor Pereira já perdeu mais que seus últimos 5 antecessores

Nos sete primeiros jogos do técnico português pelo Corinthians, são quatro derrotas, duas vitórias e um empate

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Técnico Vítor Pereira em treino pelo Corinthians

Técnico Vítor Pereira em treino pelo Corinthians

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Há pouco mais de um mês no comando do Corinthians, o técnico Vítor Pereira já amargou uma eliminação na semifinal do Paulistão e perdeu uma estreia de Libertadores. Em relação aos últimos cinco treinadores do clube, o português já é o que mais perdeu nos primeiros sete jogos, com quatro derrotas: duas para o São Paulo, uma para o Palmeiras e uma para o Always Ready (Bolívia).

As duas vitórias aconteceram contra Ponte Preta (5 a 0) e Grêmio Novorizontino (1 a 0), ainda na primeira fase do Paulistão. O único empate ocorreu nas quartas de final do estadual, com o placar de 1 a 1 no jogo com o Guarani, em que a classificação veio nos pênaltis.

Se Vítor Pereira é o técnico que mais perdeu nos sete primeiros jogos, o aproveitamento dele (33,3%) é melhor que o de dois antecessores.

Em seus sete primeiros jogos no ano passado, Sylvinho teve 28,5% de rendimento, com uma vitória, três empates e três derrotas. O mesmo aproveitamento teve o interino Dyego Coelho, em 2019. O líder em percentual é outro interino, Fernando Lázaro, que assumiu o comando entre a saída de Sylvinho e a chegada de Vítor Pereira. Ele fez apenas cinco partidas, com quatro vitórias e um empate (86,6%).

Vagner Mancini aparece com o segundo melhor rendimento no começo de trabalho, 52,3% (três vitórias, dois empates e duas derrotas), seguido de Tiago Nunes, que venceu três, empatou uma e perdeu três (47,6%).

Os 7 primeiros jogos dos últimos 6 técnicos do Timão:

Tiago Nunes – três vitórias, um empate e três derrotas;
Dyego Coelho – uma vitória, três empates e três derrotas;
Vagner Mancini – três vitórias, dois empates e duas derrotas;
Sylvinho - uma vitória, três empates e três derrotas;
Fernando Lázaro* – quatro vitórias e um empate; e
Vítor Pereira – duas vitórias, um empate e quatro derrotas.

* Fez apenas cinco jogos.

Saiba quanto os times brasileiros recebem dos patrocinadores

Últimas