Futebol Corinthians joga mal e estreia com derrota na Libertadores

Corinthians joga mal e estreia com derrota na Libertadores

Com placar de 2 a 0 para o Always Ready, Timão perde seu primeiro jogo na história para bolivianos na competição continental

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Atacante Jô em disputa de bola com jogadores do Always Ready

Atacante Jô em disputa de bola com jogadores do Always Ready

Twitter / Conmebol

Não foi o começo que o torcedor do Corinthians imaginava. Na noite desta terça-feira (5), depois de nove dias de preparação para a estreia na Taça Libertadores, a equipe foi derrotada na altitude de Laz Paz (3.067 metros acima do nível do mar), na Bolívia, pelo placar de 2 a 0 para o Always Ready

Os gols foram marcados por Marcos Riquelme, de pênalti no primeiro tempo, e por Ramalho nos primeiros segundos da etapa final.

Foi a primeira derrota na história do Timão para clubes bolivianos na competição continental. Antes dessa partida eram quatro vitórias e dois empates.

O próximo compromisso da equipe brasileira será no dia 13 (quarta-feira), às 21h, contra o Deportivo Cali (Colômbia), na Neo Química Arena. O time colombiano estreou com vitória em casa sobre o Boca Juniors (2 a 0), pelo Grupo E.

Porém, antes dessa partida, o clube de Parque São Jorge estreia no Campeonato Brasileiro, neste domingo (10), diante do Botafogo, às 16h, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

O jogo

O Corinthians teve mais posse de bola no primeiro tempo (73%) e chegou mais ao ataque, mas em termos de finalizações foram quatro para cada lado, com os bolivianos acertando dois arremates na direção do gol, contra só um do Timão. Logo aos sete minutos o Always Ready abriu o marcador.

O lateral-direito João Pedro fez falta dentro da área no ala-esquerdo Flores e o árbitro assinalou pênalti. Marcos Riquelme chutou alto no canto direito, o goleiro Cássio até acertou o lado, mas não alcançou (1 a 0). Foi o terceiro gol de penalidade máxima, que o clube de Parque São Jorge sofreu na temporada.

A partida teve poucas faltas na etapa inicial, com quatro dos bolivianos e somente duas do Corinthians, que teve também seis escanteios, contra nenhum do adversário. No entanto, nenhum deles levou perigo ao goleiro Giménez.

No intervalo, o técnico Vítor Pereira sacou o lateral-direito João Pedro e o meia Adson, para as entradas do volante Maycon e do atacante Róger Guedes, respectivamente. Porém, com 46 segundos de jogo da etapa final, o clube da Bolívia ampliou o placar.

No setor da esquerda, Marcos Riquelme lançou Ramalho em profundidade na grande área, que tocou rasteiro de primeira, na saída do goleiro Cássio (2 a 0).

Mesmo com as entradas de Gustavo Mosquito, Giuliano e Lucas Piton, o Corinthians praticamente não assustou o Always Ready, apesar de ter tido mais posse de bola (68%). Das sete finalizações, foram apenas duas na direção do gol e nenhuma grande chance de pelo menos diminuir o marcador.

FICHA TÉCNICA
Always Ready (BOL) 2x0 Corinthians
Local: Estádio Hernando Siles, em Laz Paz (Bolívia)
Data e hora: terça-feira (5/4), às 21h30
Árbitro: Piero Maza (Chile)
Auxiliares: Alejandro Molina e Miguel Rocha (Chile)
VAR: Wilson Avila (Equador)
Cartões amarelos: Enoumba (Always Ready); João Pedro (Corinthians)

Gols: Marcos Riquelme, de pênalti, aos 7’/1ºT, e Ramalho a 1’/2ºT (Always Ready)

ALWAYS READY: Giménez; Enoumba, Rambal e Cabrera; Chumacero, Adrian (Mamani), Arce (Cortes), Cristaldo (Borja) e Flores; Ramallo (Blanco) e Marcos Riquelme (Torres). Técnico: Eduardo Villegas.

CORINTHIANS: Cássio; João Pedro (Maycon), João Victor, Gil e Fábio Santos; Du Queiroz, Renato Augusto e Paulinho (Gustavo Silva); Adson (Róger Guedes), Willian (Lucas Piton) e Jô (Giuliano). Técnico: Vítor Pereira.

Saiba quais são os elencos mais valiosos da Libertadores 2022

Últimas