Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Vasco vence clássico, deixa a zona de rebaixamento e complica o Botafogo

O único gol da partida, realizada em São Januário, foi marcado pelo lateral Paulo Henrique

Futebol|Do Live Futebol BR

Paulo Henrique comemora o gol da vitória do Vasco
Paulo Henrique comemora o gol da vitória do Vasco Paulo Henrique comemora o gol da vitória do Vasco

Com um gol isolado do lateral Paulo Henrique, o Vasco da Gama fez a festa dos torcedores que lotaram São Januário na noite desta segunda-feira (6), ao vencer o Botafogo, por 1 a 0, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto

A segunda vitória seguida faz o Vasco da Gama respirar e empurrar o Cruzeiro para a zona de rebaixamento. Os dois times estão empatados, com 37 pontos, mas o Gigante da Colina leva a melhor no número de vitórias, embora a Raposa tenha um jogo a menos.

Publicidade

Leia também

O Botafogo, por sua vez, perdeu a terceira seguida e só está na liderança porque tem uma vitória a mais que o vice-líder, o Palmeiras — estão empatados, com 59 pontos, mas o Fogão tem uma partida a menos.

Vitória parcial merecida

Publicidade

O clássico começou nervoso, e os dois times não conseguiram criar lances perigosos. Quando o Botafogo parecia querer tomar contas das ações, o Vasco abriu o placar, aos 28 minutos. Paulo Henrique aproveitou um chutão de Maicon, passou por dois adversários e mandou no cantinho de Lucas Perri.

O Botafogo sentiu o gol marcado pelo Vasco e poderia ir para o intervalo em uma situação mais complicada. Gabriel Pec teve um gol anulado, porque Paulo Henrique estava impedido na hora do cruzamento, e Paulinho viu a cabeçada passar raspando a trave.

Conseguiu segurar

O Vasco voltou para o segundo tempo pressionando em busca de mais um gol para encaminhar a vitória. Gabriel Pec chutou rasteiro, e Lucas Perri espalmou. Já o Botafogo ficou mais ofensivo com a entrada do centroavante Diego Costa no lugar do zagueiro Bastos.

A partida ficou aberta a partir dos 35 minutos, com o Botafogo tendo a posse de bola, e o Vasco explorando o contra-ataque. Segovinha recebeu um cruzamento e ajeitou de cabeça, mas Léo Jardim tirou o perigo de soco. Esse foi o último lance de perigo.

Próximos jogos

Pela 33ª rodada, o Botafogo enfrenta o Grêmio, na quinta-feira (9), em São Januário, enquanto o Vasco teve o jogo contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte (MG), adiado para o dia 22. A próxima partida do Gigante da Colina será no domingo (12), diante do América-MG, também em São Januário.

FICHA TÉCNICA

Vasco 1 x 0 Botafogo

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e horário: segunda-feira (6), às 19h (de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

Árbitro de vídeo: Wagner Reway (VAR-Fifa-PB)

Gols: Paulo Henrique, aos 28'/1°T (Vasco)

Vasco: Léo Jardim, Paulo Henrique, Maicon, Medel e Lucas Piton; Zé Gabriel, Paulinho (Jair) e Praxedes; Gabriel Pec (Léo), Erick Marcus (Alex Teixeira) e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

Botafogo: Lucas Perri, Di Plácido (Luis Henrique), Philipe Sampaio, Bastos (Diego Costa) e Marçal (Hugo); Danilo Barbosa, Tchê Tchê e Eduardo; Júnior Santos (Segovinha), Victor Sá (Carlos Alberto) e Tiquinho Soares. Técnico: Lúcio Flávio.

De máquina de costura a homem-cebola: veja as mascotes mais diferentes espalhados pelo Brasil

" gallery_id="6532d7044b4955b30800006a" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/futebol/vasco-vence-classico-deixa-a-zona-de-rebaixamento-e-complica-o-botafogo-06112023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.