Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vasco vence o Atlético-MG em dia de festa da torcida no Maracanã

No reencontro com seu torcedor, Cruzmaltino tem início arrasador, garante a vitória por 1 a 0 e respira no Brasileirão

Futebol|Do Live Futebol BR

Jogadores do Vasco comemoram gol contra o Atlético-MG
Jogadores do Vasco comemoram gol contra o Atlético-MG Jogadores do Vasco comemoram gol contra o Atlético-MG

O reencontro do Vasco da Gama com sua torcida foi de festa no Maracanã. Na manhã deste domingo (20), pela 20ª rodada do Brasileirão, a primeira do returno, o Cruzmaltino venceu o Atlético-MG por 1 a 0 e deu um importante passo na luta contra o rebaixamento. 

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

O único gol da partida foi marcado por Serginho, com menos de cinco minutos de jogo.

Publicidade

Com o resultado, o Vasco chega a 16 pontos em 19 jogos (tem um jogo atrasado, contra o América-MG) e assume a 17ª posição, desde que o Coritiba não vença o Flamengo neste domingo, às 16h. Já o time mineiro, que vinha de duas vitórias seguidas no nacional, permanece com 27 pontos, na 11ª colocação.

No fim, nem a chuva atrapalhou a festa dos mais de 50 mil vascaínos, impedidos de acompanhar o time desde a derrota para o Goiás, em junho, que terminou com cenas de violência em São Januário. A luta do Cruzmaltino para jogar no Maracanã foi recompensada, e o domingo, que começou com a apresentação de Payet, terminou com festa antecipada pelo aniversário de 125 anos do clube, comemorado na segunda-feira (21).

Publicidade

Leia também

Como foi

Empurrado pelo clima de festa no Maracanã, o Vasco não deixou o Galo respirar quando a bola rolou. Em começo eletrizante, Lucas Piton deitou e rolou na esquerda e o Cruzmaltino abriu o placar logo aos quatro minutos.

Publicidade
Serginho comemora gol que abriu o placar de Vasco x Atlético-MG
Serginho comemora gol que abriu o placar de Vasco x Atlético-MG Serginho comemora gol que abriu o placar de Vasco x Atlético-MG

No terceiro cruzamento seguido de Piton, Vegetti tentou, Everson salvou à queima-roupa, mas Serginho completou no rebote: Vasco 1 a 0.

A jogada pela esquerda se repetiu aos 12 minutos. Piton foi ao fundo e cruzou outra, só que dessa vez o cabeceio de Vegetti parou no travessão.

Publicidade

O Atlético-MG conseguiu equilibrar as ações, até criou com Hulk e Paulinho, mas o primeiro tempo terminou com vitória parcial dos mandantes e com os refletores do Maracanã sendo ligados devido ao tempo nublado.

O segundo tempo começou com chuva, expondo os problemas de drenagem do Maracanã e aumentando as dificuldades do Galo, que precisava buscar o empate.

Mas foram poucos os momentos de perigo na segunda metade do jogo. Com o campo molhado, o melhor deles veio aos 19 minutos e foi do Galo. Hulk soltou a bomba em cobrança de falta, mas Léo Jardim espalmou para escanteio.

O time carioca teve a oportunidade de matar o jogo em pelo menos dois contra-ataques, acertou o travessão em falta cobrada por Paulinho aos 44 minutos, mas deixou passar as chances e fez seu torcedor esperar até o apito final para comemorar a vitória.

Próximos jogos

Na próxima rodada, o Vasco tem mais um confronto duríssimo. Pela 21ª rodada do Brasileirão, o adversário será o Palmeiras, no domingo (27), às 18h30 (de Brasília), no Allianz Parque. No mesmo dia e horário o Galo recebe o Santos no Mineirão.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 1 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e hora: domingo (20/8), às 11h (de Brasília)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (Fifa/SC)

Assistentes: Nailton Junior de Souza Oliveira (Fifa/CE) e Kleber Lúcio Gil (SC)

VAR: Rafael Traci (Fifa/SC)

Cartões amarelos: Paulinho, Serginho, Medel, Léo (Vasco); Battaglia, Jemerson, Saravia (Atlético-MG)

GOL: Serginho, aos 4’/1ºT (Vasco)

VASCO: Léo Jardim; Robson Bambu (Gabriel Dias, aos 23'/2ºT; depois Maicon, aos 33'/2ºT), Gary Medel, Léo e Lucas Piton; Zé Gabriel, Paulinho e Praxedes; Gabriel Pec, Serginho (Rossi, aos 25'/2ºT) e Vegetti (Sebastián Ferreira, aos 33'/2ºT). Técnico: Emiliano Díaz (substituto de Ramón Díaz, suspenso do jogo).

ATLÉTICO-MG: Everson; Saravia (Pedrinho, aos 31'/2ºT), Jemerson, Lemos e Guilherme Arana; Battaglia (Patrick, aos 14'/2ºT), Otávio, Igor Gomes (Vargas, aos 14'/2ºT) e Edenílson; Paulinho (Alan Patrick, aos 40'/2ºT) e Hulk. Técnico: Carlos Pracidelli (substituto de Luiz Felipe Scolari, suspenso do jogo)

Payet é apresentado no Maracanã, recebe a 10 que foi de Dinamite e arrisca em português: 'Aqui é Vasco'

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.