Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Torcida pede saída de Luxemburgo, que minimiza: 'A pressão é externa'

Treinador vem sendo alvo de críticas por causa das atuações ruins do Corinthians

Futebol|Do Live Futebol BR

Vanderlei Luxemburgo vai comandar um treino no Equador
Vanderlei Luxemburgo vai comandar um treino no Equador Vanderlei Luxemburgo vai comandar um treino no Equador

O empate sem gols com o Palmeiras, em clássico realizado na Arena do Corinthians, neste domingo (3), pela 22ª rodada do Brasileirão, aumentou a pressão da torcida em cima do trabalho realizado por Vanderlei Luxemburgo.

 Compartilhe esta notícia no WhatsApp

 Compartilhe esta notícia no Telegram

Na entrevista coletiva, o treinador foi questionado sobre os pedidos de troca na comissão e minimizou a pressão vinda das arquibancadas.

Publicidade

Leia também

"Em momento algum essa pressão foi interna. Estou há quatro meses conversando com Duilio, Alessandro, tendo reuniões constantes. Em momento algum fui questionado ou perguntei a eles como eu estava. A pressão é externa. Nunca sentamos para conversar se eu sairia ou ficaria", disse Luxemburgo, que completou:

"Na parte externa, já me mandaram embora, disseram que o ambiente é ruim, saem várias informações furadas. Internamente, nunca senti desconfiança".

Publicidade

O Corinthians tem apenas uma vitória nos últimos seis jogos e viu a pressão em cima de Luxemburgo aumentar depois do atrito que teve com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, coordenador do Núcleo de Saúde e Performance do clube.

Agora, Luxemburgo vai ter mais de dez dias para trabalhar o Corinthians visando o jogo contra o Fortaleza, pela 23ª rodada do Brasileirão. O campeonato vai sofrer uma pausa por causa da data Fifa.

Corinthians e Palmeiras fazem jogo superdisputado em Itaquera; veja fotos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.